GCM fecha balanço do primeiro trimestre de 2018

A Guarda Civil Municipal de Botucatu fechou o balanço das ocorrências nos três primeiros meses de 2018 na Cidade, de acordo com os dados obtidos através da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. Entre os destaques estão a diminuição nos casos de lesão corporal, roubo, furto e furto de veículos.

No primeiro trimestre de 2016, por exemplo, a Guarda registrou 156 casos de lesão corporal dolosa. No mesmo período de 2017 o número baixou para 139 ocorrências e em 2018, para 112 casos.

“A Guarda Municipal vem atuando diariamente para o melhor atendimento da população botucatuense, sempre visando uma atuação rápida, eficiente e comunitária. É com esse espirito e com a integração das demais forças policiais que conseguimos diminuir esses índices criminais nesse primeiro trimestre”, afirma o Comandante da GCM, Leandro Destro.

Os roubos também diminuíram. Devido a um maior trabalho de monitoramento e fiscalização da GCM e especialmente do trabalho realizado de forma integrada com a Polícia Militar e Polícia Civil, no primeiro trimestre de 2018 foram registrados 12 casos, 8 a menos que em 2017. Entre os furtos, a queda é ainda mais significativa. De 336 ocorrências registradas em 2016, o índice passou para 296 em 2017 e 258 nos três primeiros meses deste ano. Os furtos de veículos regrediram de 16 ocorrências em 2017 para 6 em 2018.

Já os acidentes de trânsito tiveram um pequeno aumento. Em 2016 foram registrados 160. Em 2017 o número baixou para 98, mas no primeiro trimestre de 2018 subiu para 108 casos.

“Sabemos que muito ainda precisa ser feito, sendo assim, dia a dia buscamos melhorar nosso trabalho, contando com o auxílio da sociedade que norteia nossas ações e trabalhos preventivos”, cita Sidnei Pichinin, Subcomandante da Guarda.

Segundo o Secretário Municipal de Segurança Pública, Marcelo Emílio de Oliveira, as 4.525 ações desempenhadas pela GCM neste início de ano visam acima de tudo uma melhor qualidade de vida para os botucatuenses.

“É nossa meta manter a Cidade como uma das mais seguras do Estado. Nossas ações buscam, através da prevenção e do patrulhamento comunitário, inibir as atividades ilícitas. Agradeço a nossa população, os nossos Guardas e também aos policiais civis e militares de Botucatu. Sem dúvida o trabalho integrado das Forças de Segurança foi fundamental para a redução dos crimes”, finaliza Marcelo Emílio de Oliveira, Secretário Municipal de Segurança Pública.