GAPE prende homem que agrediu amásia e resistiu à prisão

 

Foto enviada pela Guarda Municipal

Na tarde desta terça-feira, dia 21, os guardas civis municipais Trombaco, Alves e Dias, todos do GAPE, juntamente com o inspetor Courel e os GCM’s Elisabete e Petenucci, foram acionados para comparecer no Jardim Botucatu, onde um homem havia agredido sua amásia. Durante o atendimento, o indiciado recebeu voz de prisão, momento em que resistiu a prisão.

Foi necessário o uso de força física para contê-lo, sendo preso e conduzido ao plantão policial. A delegada plantonista efetuou a prisão em flagrante delito pelos crimes de violência doméstica, resistência e lesão corporal.

O indiciado foi encaminhado à cadeia pública. A Delegada Dra. Simone Alves Firmino representou pela prisão preventiva do indiciado, já que o indivíduo possuí passagens policiais pelos crimes de roubo e furto.