Força Tática flagra laboratório com estufa para cultivo de maconha no Ouro Verde

Não há limites para o crime. A Força Tática da Polícia Militar registrou na madrugada desta terça-feira, dia 12, um complexo caso de tráfico de drogas no bairro Jardim Ouro Verde.

Os Policiais localizaram uma casa que funcionava como laboratório da droga. Após receberam denúncia anônima, equipes de Força Tática se deslocaram até o local mencionado e flagraram o “complexo da erva” em pleno funcionamento.

Na residência foram encontrados aproximadamente 50 pés de maconha cultivadas em uma estufa. Por enquanto um homem foi preso nesta ação, mas a Polícia investiga a participação de outras pessoas. A ocorrência foi apresentada no Plantão de Polícia em Botucatu.

A ação teve o comando do Capitão PM Aislan, com apoio das equipes de Força tática I-12107 e I-12110, com os policiais Sargento Fidencio, Cabo Eduardo e Soldado Gregory. A própria Comandante do 12º Batalhão Kátia Christófalo esteve na ação desta madrugada.

O relatório Policial

Ao chegarem no local, os policiais logo sentiram forte odor de maconha e notaram o portão destrancado no imóvel. A equipe entrou pela porta da cozinha e durante busca domiciliar, localizaram em dois dos quartos uma estrutura contendo diversos vasos com maconha plantada de diversos tamanhos, além de uma estufa com lâmpadas.

Também foram encontradas anotações sobre o plantio, apetrechos para plantio, adubação e documentos de um suspeito pelo ‘laboratório. Assim a ocorrência teve sequência.

Como a denúncia citava um dos suspeitos, os policiais foram até a um endereço na casa do pai de um dos suspeitos, para tentar localizá-lo, porém, sem êxito. Diz o boletim de ocorrência que o pai informou que sabia sobre cultivo e alegou que seu filho era sócio de um outro homem, dando a localização da residência deste.

De posse de mais essa informação, na avenida Leonardo Villas Boas, a PM encontrou o suspeito, que após tomar ciência da denúncia autorizou a entrada da equipe. Durante a busca domiciliar foram localizados dentro do guarda roupas dois potes de vidro contendo maconha, já seca, pronta para o consumo.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas ao suspeito. Ele foi apresentado no plantão Policial, onde o delegado de plantão ratificou a voz de prisão em flagrante.