Família procura homem que teria sumido quando tentava passar por ponte alagada em Botucatu

Foto divulgada pela Agência 14 News

Um homem de 43 anos está sendo procurado pela família desde o último sábado, dia 24, após as fortes chuvas que atingiram Botucatu. O caso ocorreu na Vila Jardim, segundo informação do site Agência 14 News.

Segundo informações da esposa, Angelo Alfredo Oyan, de 43 anos, tentava passar pela ponte inundada, mas não conseguia. A esposa ainda relatou que ele saiu de uma mecânica onde trabalha e retornava para a casa por volta das 19h. Ele ligou para ela dizendo que não conseguia chegar em casa por conta do volume de água do Rio Lavapés.

Relata a 14 News que ele então desceu até a ponte perto de sua casa, na Rua Emílio Cani e dali voltou a falar com a esposa, que por um momento o enxergou perto da Curuzu. Como esse segundo lugar também estava alagado, voltou para a Curuzu e não foi mais visto, relatou a esposa.

Uma das possibilidades, de acordo com a família, é que o homem tenha sido levado pela correnteza. O Corpo de Bombeiros faz buscas para tentar localizar o corpo. Ângelo usava calça jeans escura, camiseta azul e levava consigo uma mochila de lona marrom costal com um capacete de motociclista dentro. Ele tem 1,80 de altura, sem tatuagens e uma cicatriz no ombro esquerdo.

O caso é investigado pela Polícia Civil de Botucatu, através da DIG. O caso está com os delegados Celso Olindo, Geraldo Franco e a investigadora Janis. O telefone da Polícia Civil é o 197 para qualquer informação.

Com informações da Agência 14 News