Equipe do 2ºDP em Botucatu esclarece casos de furto no Rio Bonito

Marcos Mores diz que elementos detidos furtaram vários ranchos no Rio Bonito (Arquivo Acontece)

A Polícia Civil de Botucatu, através da equipe do 2º Distrito de Polícia Judiciária (2ºDP), esclareceu nos últimos dias três casos de furto ocorridos no Rio Bonito Campo e Náutica. Os crimes foram cometidos entre os dias 16 e 17 de julho e vieram à tona após ocorrência registrada pela Guarda Municipal, que encontrou um veículo abandonado perto da Portaria do Lageado na rodovia Alcides Soares.

O veículo estava carregado com produtos furtados de ranchos no Rio Bonito, como televisor, malas de viagem, ar-condicionado, berrante, ferramentas, entre muitos outros. A partir de então se iniciou um complexo caso de investigação sobre os autores dos crimes.

A Polícia descobriu que o carro usado para os crimes é o chamado “veículo roleta”, quando passa de proprietário para proprietário sem a transferência devida. O Fiat Tempra usado para carregar os produtos estava no nome de um homem que mora em Votorantim e que vendeu o veículo há anos.

Segundo informou ao Acontece Botucatu o Delegado Marcos Mores, titular do 2º DP, foram três autores já identificados pelos crimes contra os ranchos no local. Todos os objetos foram recuperados e quase todos foram reconhecidos pelas vítimas, faltando alguns produtos que não foram restituídos, ou seja, podendo ser de mais um rancho.

“Ainda temos objetos apreendidos que não foram reconhecidos por essas vítimas, o que demonstra que teve um quarto rancho furtado e o dono ainda não fez o boletim de ocorrência. Seria interessante que os proprietários de ranchos nas Ruas Piracema e Pirangueiros, ou seja, os ranchos que foram furtados naquela madrugada de 17 de julho, que se apresentem em suas propriedades, que verifiquem se as mesmas se encontram integras e se foram furtadas, que compareçam no 2º Distrito para nos dar conhecimento disto e realizarem o reconhecimento dos objetos”, disse o Delegado.

A Polícia ainda investiga se os autores desses furtos também são responsáveis por outros crimes semelhantes ocorridos semanas antes no Rio Bonito. Os modos empregados pelos criminosos levantam a hipótese.

“Pela nossa experiência, consideramos todos os crimes da mesma espécie com semelhante modo de agir, aproximadamente a data de 17 de julho. Então não descartamos que esse grupo de indivíduos tenha cometido outros crimes em ranchos e até mesmo em data posterior, pois as investigações demoraram para obter resultado diante da dificuldade em esclarecer quem era o proprietário do Fiat Tempra que foi abandonado no dia”, coloca Marcos Mores.

A Polícia Civil fez o chamado itinerário contrário para encontrar o proprietário do veículo e fez diligências em diversas cidades, inclusive para chegar em um dos autores dos furtos. Esse trabalho demorou dez dias para ser concluído, informa o Delegado.

A partir de agora a equipe do 2º DP vai observar se os crimes de furto diminuem no Rio Bonito e região, ou seja, um indicativo de que os elementos capturados eram os responsáveis por todos os outros crimes que já foram registrados nos últimos meses por rancheiros. Os proprietários que sentirem falta de produtos em seus ranchos, suspeitando que os imóveis tenham sido furtados, devem procurar o 2ºDP, que fica na Rua Major Matheus, 1001, para confeccionar boletim de ocorrência.

Relembre o caso

A Guarda Civil Municipal registrou na madrugada de terça-feira, dia 17/07, um caso de furto flagrante em Botucatu. Os GCMs Lobo e Pedro estavam em deslocamento para o patrulhamento preventivo pelo Rio Bonito, quando avistaram um Fiat Tempra, de cor branca, em parado de forma suspeita perto da portaria 2 da Fazenda Lageado.

Ao fazerem a averiguação, notaram alguns objetos no interior do mesmo. O veículo transportava 4 botijões de gás, 2 malas de viagem, 1 TV Sansung 32″, 2 climatizadores Philco, ferramentas, entre outros. Tudo estava dentro de uma mala. Havia também um “voucher” em nome de uma das vítimas, o que viabilizou sua identificação. Ao chegar pelo local, a vítima reconheceu alguns objetos de seu rancho no Rio Bonito.

Com o apoio das outras viaturas, foi possível verificar mais dois ranchos furtados, um próximo do outro. Diante dos fatos, os objetos localizados, o veículo e uma das vítimas foram apresentados junto ao Plantão Policial. Foi feita a apreensão dos objetos, que serão entregues aos respectivos proprietários.

O veículo apreendido na ação criminosa foi encaminhado ao pátio. O suspeito do furto até o momento não foi localizado e a Polícia Civil seguirá com as investigações para identificar o autor.