Doria afasta Coronel Lacerda do comando da PM no interior após publicações de atos pró-Bolsonaro

Coronel, morador de Botucatu, estava há 1 ano e meio no comando do CPI-7, com sede em Sorocaba

Foto Câmara de Sorocaba

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afastou na manhã desta segunda-feira,  dia 23, o Comandante de Policiamento do Interior-7, Coronel Aleksander Lacerda. O fato ocorreu após reportagem do Jornal Estado de São Paulo, que mostrou postagens feitas pelo Comandante nas redes sociais sobre atos pró-Jair Bolsonaro.

Reportagem do jornal O Estado de S.Paulo diz que no dia 20, o coronel publicou mensagem em que diz que “nenhum liberal de talco no bumbum” consegue “derrubar a hegemonia esquerdista no Brasil”. “Precisamos de um tanque, não de um carrinho de sorvete”. Sobre o dia 7 de Setembro, compartilhou a mensagem: “caldo vai esquentar”, segundo a reportagem.

Com a repercussão, o Governador do Estado resolveu afastar o Coronel, que é morador de Botucatu, com passagem pelo 12º Batalhão.

“São Paulo tem orgulho da sua polícia militar, a mais bem treinada do Brasil. Indisciplina não será admitida na PM que respeita suas regras e suas funções”, disse Doria ao blog do Valdo Cruz no portal G1.

Segunda informações do G1, Aleksander vai responder a processo na corregedoria da corporação. O Acontece Botucatu entrou em contato com o Coronel Lacerda para que ele pudesse se manifestar sobre o caso e aguarda.