DISE de Botucatu destrói “fábrica” da droga em Rubião Junior

A Polícia Civil de Botucatu registrou nesta sexta-feira, dia 18, um caso de tráfico de drogas. Policiais Civis da Dise de Botucatu, durante a operação “Narco Brasil”, sob a supervisão da Delegacia Secional de Polícia, prenderam dois homens em um sítio na região de Rubião Junior, com grande quantidade de droga.

Foram apreendidos 51 quilos de maconha, 650 porções individuais de drogas já individualizadas, prontas para a venda direta ao usuário, entre cocaína e maconha, além de crack em pedras brutas. Foram encontrados centenas de frasquinhos para acondicionar lança perfume, líquido aparentando tratar-se de mistura para lança perfume e milhares de embalagens para a feitura de papelotes.

Os policiais também apreenderam um balanças de precisão e pouco mais de R$ 8 mil em dinheiro. Participaram da operação os delegados Paulo Buchignani e Marcos Mores, os investigadores Bassetto, João, Alexandre, Emerson, Rafael e Margareth, além dos escrivães Bruno e Sheila.

A Guarda Municipal de Botucatu também esteve no apoio da operação. Participaram o Subcomandante Pichinin e os GCMs Lourenço e Ednéia.

“Era uma investigação com foco no tráfico realizado nós predinhos do CDHU, na Vila Jardim, que é hoje um dos maiores pontos de venda de drogas de Botucatu. Estima-se que as vendas giram em torno de 500/600 porções de drogas por dia. Os presos eram os responsáveis pelo abastecimento da droga no local. Guardavam e preparavam num sítio em Rubião e aos poucos, levavam os papelotes prontos para venda até os predinhos . Além dos dois presos, já pedimos a prisão de um terceiro elemento e trabalhamos para identificar outros”, disse ao Acontece Botucatu o Delegado Titular da DISE Paulo Buchignani.