DIG de Botucatu esclarece caso de homicídio no Jardim Cristina

Laudo indicou o homicídio em Botucatu

Arquivo Acontece Botucatu

A Policia Civil, através da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) praticamente esclareceu o caso de um homem que foi encontrado morto no dia 04, no Jardim Cristina. A vítima é Antônio da Silva, 48 anos.

Os Policiais Delegado Celso Olindo, investigadores Eliandro, Vergílio, Bruno e Bellotto, com apoio dos demais policiais da DIG, fizeram diligências em torno do fato e elucidaram o caso.

Até então, tratava-se de uma morte suspeita, mas após o exame de necropsia, foi comprovado que a causa da morte foi traumatismo crânio encefálico.

O laudo leva a Polícia Civil a entender que a vítima sofreu algum impacto violento, ou seja, homicídio. A Polícia investigou um desentendimento da vítima com outras duas pessoas que residiam na mesma casa, localizada na Avenida Dante Trevisani.

Ele foi encontrado morto com um ferimento na cabeça e marca de uma pisada nas costas. Na oportunidade uma sandália feminina foi apreendida, por ser semelhante a marca que estava nas costas do homem.

Após diversas diligencias ficou esclarecido o crime e seu autor. A motivação do crime foi mesmo um desentendimento com a vítima.

Com base nos fatos, o Delegado Geraldo Franco Pires representou pela decretação da prisão temporária do envolvido, de nome Eduardo, conhecido como Bico, segundo a Polícia Civil.

Relembre

Polícia Civil investiga morte suspeita no Jardim Cristina em Botucatu