Detran realiza operação Direção Segura e flagra motoristas embriagados em Botucatu

Polícia
Detran realiza operação Direção Segura e flagra motoristas embriagados em Botucatu 24 março 2017

Fotos Acontece Botucatu 

Foi realizada na noite desta sexta-feira, 24, mais uma operação conjunta denominada “Direção Segura”, com objetivo de fiscalizar e combater o uso de bebidas alcoólicas por motoristas de Botucatu.

O programa integra equipes do Detran-SP, das Polícias Militar, Civil e Técnico-Científica (IML). A fiscalização ocorre em vários pontos da cidade. O primeiro local de bloqueio foi na Avenida Vital Brasil, cruzamento com a Rua Visconde do Rio Branco.

“É uma operação que é realizada em âmbito estadual e aqui em Botucatu está sendo feita hoje, com apoio de policiais civis, legistas do IML, agentes do Detran e a Polícia Militar, com efetivo reforçado. Nosso objetivo é fazer com que os motoristas sejam submetidos a testes com bafômetros e se estiverem sob efeito de álcool serão autuados e punidos conforme a lei”, disse ao Acontece Botucatu o Capitão Alexandre Cagliari, da PM.

Logo no começo da operação 5 pessoas foram autuadas por estarem alcoolizadas e um motorista foi preso por estar acima do nível tolerado de álcool no sangue, sendo o fato considerado como embriaguez ao volante, crime passível de detenção em flagrante.

“O objetivo principal é educar os motoristas, não estamos utilizando a fiscalização apenas com meio punitivo, mas, estamos demonstrando para a população o perigo de dirigir alcoolizado”, disse Gustavo Soquete dos Reis, coordenador regional do Detran em Botucatu.

Homens da Polícia Civil estavam presentes para agilizar o processo de autuação e prisões, se necessário. “Nossa participação é a atividade de polícia judiciária. Caso o motorista seja flagrado dirigindo embriagado, ele será levado ao plantão permanente, onde será autuado em flagrante delito por embriaguez ao volante”, explicou o delegado Lourenço Talamonte Neto.

Pela Lei 12.760/2012, que ficou conhecida como “Lei Seca”, todos os motoristas flagrados em fiscalizações têm direito à ampla defesa, até que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) seja efetivamente suspensa. Se o condutor voltar a cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado. Atualmente o valor da multa nesses casos é de R$ 2.934,70.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
FREIRE MOTOS
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO