Criador de pássaros silvestres é flagrado com anilhas adulteradas em Botucatu

Na manhã desta segunda-feira, 22, um criador de aves silvestres do Jardim Santa Eliza em Botucatu, foi surpreendido pela Polícia Militar Ambiental com cinco aves com anilhas adulteradas. O indivíduo alegou que é criador de passeriformes cadastrado no IBAMA e que desconhecia a adulteração nas anilhas que estavam em suas aves.

A ocorrência foi apresentada na Polícia Civil, onde o homem  irá responder pelo crime de falsificação de selo público (art 296 do Código Penal). A pena pode variar de dois a seis anos.

As aves foram apreendidas pela Polícia Militar Ambiental e levadas ao Cempas/Unes. O homem criminoso foi autuado administrativamente do valor de R$ 5.000,00.

A Polícia Militar Ambiental de Botucatu realiza constantemente a fiscalização a criadores amadores de aves silvestres. Para isso, realiza o emprego do dino light e paquímetros eletrônicos. Esses equipamentos permitem identificar adulteração em anilhas.