Com novo equipamento, Polícia Ambiental de Botucatu flagra irregularidades com pássaros silvestres


Em uso desde o início da semana, o microscópio eletrônico, conhecido como dinolight, permitiu que a Policia Militar Ambiental de Botucatu pudesse autuar e conduzir um criador amador de pássaros silvestres por adulteração de anilhas nesta sexta-feira, dia 12.

O crime foi constatado somente com o emprego do novo equipamento, pois se a fiscalização fosse realizada a “olho nú”, a adulteração não seria percebida. O infrator, morador da cidade de Pardinho, além de ter que pagar uma multa de R$ 1.000, irá responder pelo crime de falsificação de selo público (art. 296 do Código Penal), com pena prevista de reclusão de 2 a 6 anos, mais multa.

A Policia Ambiental, informou que fiscaliza constantemente os criadores amadores e que aquele que desejar se tornar criador, deve se cadastrar junto ao IBAMA. Alerta também que manter aves silvestres em cativeiro sem autorização é crime ambiental.

O infrator arcará com uma multa de R$ 500,00 a R$ 5.000,00 por animal. Denuncias e informações podem ser obtidas e realizadas pelo telefone (14)38826070.