Casal é preso por furtar carnes de supermercado para quitar dívida de drogas

As peças levadas eram de cortes bovinos nobres, como picanha, contrafilé e filé mignon

A Polícia Militar registrou na noite desta quarta-feira, 13, um caso de furto na Rua Adeodato Faconti, no Jardim Brasil. A PM recebeu uma ligação de um gerente de supermercado em Botucatu, dando conta que por volta das 21h00 um casal entrou na loja, subtraindo 5 peças de carne, sendo três de picanha, uma de contrafilé e uma de filé mignon.

Também levaram alguns produtos de higiene pessoal, colocando tudo em uma mochila. Ambos deixaram o local em um VW Fusca azul. Após diligências, policiais encontraram o carro com a placa descrita.

Chamado, o proprietário do veículo disse que teria dado carona para alguns amigos até o supermercado e ficou esperando dentro do carro e depois os levou para uma residência na rua Adeodato Faconti, sendo que as viaturas foram até o endereço mencionado.

Localizado pela Polícia Militar, o casal confirmou o crime os objetos de perfumaria foram entregues na hora, mas o homem afirmou que as carnes teriam vendido, por R$140,00. Já a mulher disse que entregaram as carnes por R$ 200, para quitar uma dívida de drogas.

A mulher citou o endereço do receptor como rua Silvio Galvão. Os policiais foram até lá e encontraram um homem que confirmou ter comprado as carnes, pois não sabia que eram furtadas.

As partes foram levadas ao plantão da Polícia Civil. Os produtos foram devolvidos ao supermercado e as partes foram ouvidas e liberadas, relata boletim.