Casal é preso pela GCM após fraudes no programa Farmácia Popular

A Guarda Civil Municipal foi acionada na tarde desta segunda-feira, 26, para averiguar três indivíduos suspeitos que estariam adquirindo medicamentos gratuitos do programa farmácia popular. O fato se dava através de uso de receitas e identidades aparentemente falsas.

Com as características das pessoas e veículo os GCMs Ronaldo e Costa conseguiram localizar os indivíduos pela área central, um casal que estava entrando no automóvel descrito.

Feita a abordagem, notaram a existência de vários documentos falsos. Questionados, confessaram que estavam praticando golpes em farmácias da região e que prestavam esses serviços para uma outra pessoa.

No veículo foi localizada uma grande quantidade de medicamentos de diversas farmácias de Botucatu e Bauru, além de 35 cédulas de identidade com a mesma foto, porém, com qualificações distintas. Com os pertences também foram localizados vários carimbos de médicos e receitas.

O terceiro indivíduo evadiu-se e as partes abordadas foram encaminhadas até a Primeira Central de Polícia, onde a autoridade policial ratificou a voz de prisão anteriormente dada pela equipe da GCM. Foi elaborado o boletim de ocorrência de estelionato.

O homem, de 44 anos, de Piratininga e a mulher, de 46 anos, da cidade de Bauru, foram encaminhados à cadeia pública de Itatinga. O casal informou que o carro era emprestado, não declinando o proprietário. O automóvel foi apreendido junto ao pátio.