Mulher de 40 anos morre ao ser arrastada por correnteza em rio de Botucatu

Polícia
Mulher de 40 anos morre ao ser arrastada por correnteza em rio de Botucatu 18 dezembro 2021

O Corpo de Bombeiros foi acionado na noite desta sexta-feira, 17, para atender uma ocorrência no Rio Bocaina, zona rural de Botucatu. No local foi encontrado o corpo de uma mulher que foi levada por uma cabeça d’água. 

A vítima foi identificada como Camila Vigliazzi Biancone, de 40 anos.  O corpo foi localizado a aproximadamente dois quilômetros e meio de onde estava inicialmente, ou seja, no momento em que foi atingida pela forte correnteza.

O rio da Bocaina se localiza na região da Igreja de Santo Antônio, no sentido Piapara. O corpo foi localizado por volta das 19h30, em uma área de difícil acesso, preso a vegetação do rio. A Polícia Científica esteve no local.

Descreve o boletim de ocorrência que Camila foi ao local de moto com o namorado, de 45 anos. Eles estavam embaixo de uma ponte quando foram surpreendidos pela forte ação da água e ambos foram arrastados.

O homem se salvou, provavelmente por estar portando uma mochila de hidratação. Ele foi socorrido pelo Samu ao Hospital das Clínicas, onde ficou em observação sem ferimentos graves.

Atenção ao fenômeno cabeça d’água

A cabeça d’água é um fenômeno causado pelo aumento rápido e repentino aumento do nível de água em rios. Ela ocorre quando uma grande quantidade de chuva e atinge partes superiores de uma cachoeira ou ao longo de um curso d’água.

Com isso, os banhistas são surpreendidos pela força da água, que sobe de forma muito rápida e dificulta a saída. As cabeças d’água ocorrem principalmente no verão, quando as chuvas são mais intensas.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
FREIRE MOTOS
Oferecimento