Bebê de três meses morre em Botucatu após passar mal durante cirurgia de catarata

 

A Polícia Civil registrou neste domingo, dia 11, um caso de morte suspeita tendo como vítima um bebê de apenas 3 meses. Segundo informações divulgadas pela Rádio Municipalista, tudo começou na sexta-feira, dia 09, quando o bebê foi para mesa de cirurgia no Hospital das Clínicas em Botucatu para uma cirurgia catarata congênita no olho direito.

Diz o boletim que a criança passou mal durante o procedimento, sendo levada imediatamente para o setor de UTI pediátrica. Ainda relata a reportagem da emissora, com base no boletim de ocorrência da Polícia Civil, que o bebê sofreu três paradas cardíacas, falecendo no sábado, dia 10.

A Polícia Civil expediu para que um laudo necroscópico seja feito para dar início ao procedimento de investigação. No boletim, diz que o pai de criança é natural da cidade de Cândido Mota.

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu divulgou uma nota relatando o caso. Lamenta o episódio, mas diz que prestou toda assistência ao quadro apresentado.

“O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB) esclarece que a criança M.M.B, de três meses, deu entrada no Hospital na sexta-feira, 9 de junho, às 15h22, para realização de procedimento cirúrgico conduzido pela equipe da Oftalmologia, mediante uso de anestesia. A cirurgia teve início às 16 horas e, durante procedimento anestésico, o bebê apresentou quadro de broncoaspiração (aspiração de conteúdo gástrico).

O procedimento foi imediatamente interrompido, a criança foi atendida pela equipe da Anestesia e encaminhada à UTI Pediátrica em estado grave, onde infelizmente veio a falecer na noite de sábado, 10 de junho, apesar de ter recebido toda a assistência que seu quadro necessitava. O HCFMB, através de sua Superintendência, lamenta profundamente o ocorrido, compreende e divide com os familiares a tristeza deste momento e informa que medidas imediatas serão tomadas para apuração e esclarecimento dos fatos ocorridos”,diz a nota.