Após baixas temperaturas, GCM intensifica “Operação Migrante” em Botucatu

 

A queda de temperatura em Botucatu se tornou um problema social para o município, pois muitas pessoas que não possuem moradia estão dormindo sob fortes ventos gelados nos últimos dias. No último fim de semana, a GCM atendeu 14 pessoas que dormiam ao relento, sendo que os atendimentos foram feitos através da “Operação Migrante”.

Os guardas monitoraram locais de risco devido à chuva e ao frio de Botucatu nos últimos dias. A “Operação Migrante” foi implantada em 2009 com o intuito de ajudar as pessoas em situação de vulnerabilidade social, especialmente com as baixas temperaturas.

A GCM faz o atendimento e normalmente encaminha as pessoas ao Espaço Acolhedor, onde elas são recepcionadas com alimentação e um lugar digno para passar a noite. Além disso, são assistidas pela equipe de assistentes sociais municipais, que procura viabilizar tratamento e oportunidades que possam contribuir para que elas melhorem suas vidas.