Adjair de Campos não é mais o Secretário de Segurança em Botucatu

Adjair de Campos não é mais o Secretário de Segurança (Arquivo Acontece Botucatu )

O Acontece Botucatu traz a informação de que o Delegado aposentado Adjair de Campos deixará o cargo de Secretário Municipal de Segurança e Direitos Humanos. Embora seu nome ainda conste no site da Prefeitura, seu último dia no comando da pasta foi 31 de dezembro e desde então ninguém o substituiu.

Nos bastidores existe a informação de que Adjair ainda auxilia a administração Mário Pardini em algumas questões, até que um novo nome seja efetivado. Conforme noticiou o Acontece Botucatu em 2017, o provável futuro Secretário é o Delegado Titular da DISE Paulo Buchignani.

O próprio Adjair de Campos já falou publicamente sobre o assunto em outros momentos, dizendo que sairia da Secretaria para se dedicar a um programa de monitoramento eletrônico para Botucatu.

A novidade é que ele não responde mais pela pasta e mudanças na Segurança devem ocorrer em breve. Diante de sua saída, surgem boatos de possíveis desgastes no relacionamento dentro da GCM, o que não foi conformado por ninguém.

O Acontece Botucatu tentou entrar em contato com Adjair, mas seu celular estava desligado. Em abril do ano passado, o então Secretário comentou sobre a possibilidade de deixar a pasta em evento que apresentou o programa GCM nas Ruas.

“Não sou vitalício. Cheguei na Prefeitura em 2009 e no fim do ano passado o Pardini me pediu para ficar mais um tempo”, colocou Dr. Adjair em parte de seu discurso na oportunidade.

Adjair de Campos está no comando da Segurança em Botucatu há 9 anos, desde o primeiro governo João Cury. Durantes esses anos a Guarda Municipal, criada no governo Mário Ielo, foi totalmente reestruturada e aparelhada, virando referência para outras instituições no estado de São Paulo. A figura do Delegado foi de extrema confiança no antigo governo, onde foi protagonista em ações e bastidores.

Paulo Buchignani ainda é o único nome em discussão (Foto arquivo Acontece Botucatu)

Mudanças devem ocorrer

Especula-se também prováveis mudanças na GCM de Botucatu com a chegada de um novo secretário. É possível que haja troca no comando da corporação, que hoje pertence ao GCM de carreira Sérgio Luis Bavia.

O problema na troca de Secretários está na aposentadoria de Paulo Buchignani, pois a documentação está emperrada no governo do estado, que não consegue reposição na Polícia Civil, fazendo com que o órgão passe por graves problemas estruturais.

Em entrevista à Rádio Criativa FM nesta quarta-feira, o Prefeito Mário Pardini disse que o comando da segurança na cidade passará por mudanças em breve. Segundo ele, o nome de Buchignani ainda é o único em discussão.

“Acho que temos que ter lealdade com nossos convicções. Eu conversei com o Dr. Paulo, ele se preparou para fazer essa transição e eu vou conversar com ele para saber se ainda há a intenção, caso contrário, ai sim vamos buscar outros nomes”,  disse Pardini.

Delegado há 26 anos, Paulo Buchignani está na DISE combatendo o tráfico de drogas há 21 anos. Também exerceu importante trabalho na sociedade ao levar para as escolas o chamado o caminhão da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes, chamado de Museu Itinerante da DISE. No projeto proferiu palestras e explicou para jovens e crianças os perigos das drogas. Antes de ser desativado, o Museu da DISE percorreu diversas escolas das redes pública e privada de ensino.