Ação dramática: Bombeiros resgatam mulher que caiu na Cascata da Marta após 9 horas de operação

Polícia
Ação dramática: Bombeiros resgatam mulher que caiu na Cascata da Marta após 9 horas de operação 05 abril 2022

Uma verdadeira operação de guerra. Assim foi o resgate de uma mulher, de 45 anos, que sofreu uma queda no Parque Cascata da Marta nesta terça-feira, 05.

Os trabalhos começaram no final da manhã, segundo os Bombeiros, e só terminou no começo da noite. A mulher ficou presa em meio aos cipós existentes ao redor da queda de água no local, mais precisamente a cascata 2.

Além de equipes dos Bombeiros, o resgate contou o Helicóptero Águia da Polícia Militar e SAMU. O local onde a vítima estava era de difícil acesso, o que deu um ar de dramaticidade na operação.

Os bombeiros chegaram até a mulher e fizeram o trabalho de imobilização para que ela fosse içada pelo ÁGUIA. Ocorre que por conta do tempo instável, com vento e chuva, a aeronave não conseguiu fazer o resgate, o que aumentou o drama.

Sem condições de resgate pelo Helicóptero, Bombeiros e apoiadores fizeram o transporte em um tortuoso e cansativo trajeto com subida de um barranco.

Por fim a mulher foi resgatada consciente e com suspeita de fratura em uma das pernas e tornozelo. Ela foi levada para o Hospital das Clínicas de Botucatu por uma unidade do SAMU.

Bombeiros que participaram da ação: 1° Tenente Lyrio, 1°Sargento PM Machado, 2° Sargento PM Camilo, 3° Sargento PM Luiz Paulo, Cabo PM Bento, Cabo PM Lucas, Cabo PM Roseli, Cabo PM Cardozo, Soldado PM Rodrigues. Na comunicação e logística estava o Cabo Milanesi.

A vítima foi retirada do local pelo Corpo de Bombeiros por um sistema de multiplicação de força para descer até uma clareira onde a aeronave Águia pudesse içá-la e transportá-la, porém, devido a uma repentina forte chuva, tornou-se inviável a utilização da aeronave, e com o risco de ocorrer o fenômeno conhecido por Cabeça d’água, optou-se por retirá-la pela mata fechada. Foram utilizadas técnicas de ascensão e Caterpillar. A vítima apresentava fratura fechada de úmero direito e possível fratura no tornozelo direito. Estava consciente e orientada, porém, com dificuldade para respirar, sendo ofertado O2 à vítima. Foi retirada da mata e socorrida pela viatura do SAMU ao Hospital das Clínicas, diz relatório dos Bombeiros.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento