Pedro Parente pede demissão da Petrobras

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão na manhã desta sexta-feira (1º). Parente ficou exatamente dois anos no comando da Petrobras, já que tomou posse no dia 1º de junho de 2016.

De acordo com comunicado da estatal, enviado ao mercado, a nomeação de um CEO interino será examinada ao longo do dia pelo Conselho de Administração. Ainda de acordo com o comunicado, a diretoria executiva da companhia não sofrerá qualquer alteração.

Com informações do G1