Juros do cheque especial e cartão de crédito continuam acima de 300% ao ano

Os juros médios cobrados pelas instituições financeiras no cheque especial e no cartão de crédito caíram voltaram a cair em maio, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Banco Central. Entretanto, as taxas se mantém acima dos 300% ano.

No caso do cheque especial, os juros médios passaram de 321% ao ano, em abril, para 311,9% ao ano, em maio, redução de 9,1 pontos porcentuais. Já a taxa média do cartão de crédito rotativo caiu de 328,6% ao ano, em abril, para 303,6% ao ano, em maio.

Apesar da queda na taxa de juros, a inadimplência do rotativo do cartão de crédito subiu de 33,7% para 34,8%, entre abril e maio. No final de abril, o Conselho Monetário Nacional (CMN) alterou as regras do cartão de crédito, em nova tentativa de reduzir os juros.

Com informações do Portal G1