Caça da FAB dispara e intercepta avião com 500 quilos de cocaína

Nacionais
Caça da FAB dispara e intercepta avião com 500 quilos de cocaína 04 julho 2022

A aeronave fez um pouso forçado em São Paulo, entre as cidades de Jales e Pontalinda

Aeronave interceptada pela FAB   — Foto: Divulgação/ FAB

Um avião de pequeno porte que transportava 663 quilos de cocaína foi interceptado por caças da Força Aérea Brasileira, neste domingo (3), em Mato Grosso do Sul. A aeronave fez um pouso forçado em São Paulo, entre as cidades de Jales e Pontalinda.

Segundo nota divulgada pela FAB, uma aeronave de pequeno porte entrou no espaço aéreo brasileiro sem autorização e foi classificada como suspeita. Dois caças A-29 Super Tucano da FAB foram empregados na missão, realizada em conjunto com a Polícia Federal.

Os militares tentaram contato com o piloto, mas não obtiveram nenhuma informação dele, de acordo com a FAB. Como ele não obedeceu a nenhuma das ordens, os militares efetuaram então um tiro de detenção, que tem objetivo de atingir o alvo. 

Droga apreendida  — Foto: Divulgação/ FAB
Droga apreendida — Foto: Divulgação/ FAB

Só depois disso que o piloto do avião suspeito fez o pouso forçado em São Paulo, entre as cidades de Jales e Pontalinda. Duas pessoas se evadiram antes da chegada dos policiais e na aeronave foram apreendidos diversos pacotes com tabletes de cocaína, totalizando 663 kg.

A FAB afirmou que todas as medidas previstas em casos de interceptação de aeronave suspeita são com base no decreto 5.144, de 16 de julho de 2004. A ação faz parte da Operação Ostium, para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto a Força Aérea Brasileira e a Polícia Federal.

G1

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento