Bandidos fizeram mãe e filha como reféns após assalto no aeroporto de Viracopos

Uma testemunha registrou o momento em que um carro-forte da empresa Brinks foi cercado por bandidos durante o assalto à empresa de transporte de valores no Aeroporto Internacional de Viracopos, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (17), em Campinas (SP). Veja no vídeo acima.

As imagens mostram que o veículo estava bem próximo do avião onde a carga – dinheiro em espécie – seria embarcada para ser levada para Londres. Outra testemunha flagrou a correria de seguranças em outro ponto do terminal. No vídeo abaixo, ele narra a situação do local durante a troca de tiros.

O assalto ocorreu por volta das 9h50, e fez com que o aeroporto ficasse fechado das 10h até as 10h20.

Para chegar até a pista, os criminosos usaram carros clonados – um deles tinha o logotipo da Aeronáutica. Houve troca de tiros e dois seguranças foram baleados.

A quadrilha incendiou três caminhões na Rodovia Santos Dumont (SP-75), que dá acesso ao aeroporto, para dificultar a ação da polícia. A pista chegou a ser fechada nos dois sentidos, mas já foi liberada.

Após a fuga, os bandidos fizeram uma mulher e a filha reféns em uma casa num bairro de Campinas que fica próximo ao aeroporto. Até as 13h10, as vítimas ainda não haviam sido liberadas.

Fonte: Portal G1