Artigo: tratando a depressão e combatendo o suicídio

 

Artigo da hipnoterapeuta Michelle Ferrás  

Você tem depressão ou já pensou em tirar sua vida? Está passando por um sofrimento ou conhece alguém que está passando por isso? Mas por que estou falando sobre isso?

Mais de 350 milhões de pessoas no mundo sofrem de depressão, sendo que desse total 12 milhões são brasileiros.

A depressão é uma doença psiquiátrica crônica e recorrente, onde ocorre uma alteração de humor caracterizada por uma tristeza profunda, sem fim, associada a sentimentos de desamparo, desesperança, baixa autoestima e culpa.

É uma doença, que pode ser genética e/ou pode ser provocada por uma disfunção bioquímica do cérebro. Entretanto, nem todos com predisposição reagem do mesmo modo diante de fatores que funcionam como gatilho, por exemplo estresse, doenças sistêmicas, consumo de drogas lícitas e ilícitas e certos tipos de medicamentos.

Sintomas da depressão

  • Alteração de peso (ganho ou perda)
  • Insônia ou sonolência excessiva
  • Agitação ou apatia
  • Fadiga
  • Sensação de culpa
  • Sensação de inutilidade
  • Dificuldade de concentração
  • Ideias suicidas
  • Baixa autoestima

Pessoas com depressão muitas vezes não demonstram o que estão sentindo. É muito importante estarmos atento aos sinais, porém, muitas vezes esses sinais nunca acontecem.

Por isso converse com as pessoas que estão próximas a você, pergunte se estão bem, pois pode ser que estejam passando por algum momento complicado na vida, por um sofrimento que você não faz ideia e uma simples conversa pode salvar uma vida.

Ouça a pessoa com atenção e a acolha. Ouvir o que ela tem a dizer é uma das melhores formas de ajudá-las. Olhe nos olhos, preste atenção e leve em consideração o que está te dizendo.

Jamais desmereça sua condição. A ajuda de amigos, parentes e profissionais da saúde se torna essencial para quem está lutando contra a depressão, afinal, no início pode ser que a pessoa se recuse aceitar que está doente.

Nessas horas, oferecer um ombro amigo e estimular a pessoa a se tratar pode fazer toda a diferença.

A depressão está intimamente ligada ao suicídio, por isso falar sobre suicídio é fundamental, principalmente dos pais com seus filhos.

Suicídio no Brasil

No Brasil o suicídio é considerado um problema de saúde pública Segundo a OMS, a cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio no mundo e é a 2° principal causa de morte, perdendo apenas para a violência.

De acordo com a OMS, os fatores de risco são

  • Depressão
  • Alcoolismo
  • Vulnerabilidade social
  • Tentativa prévia de suicídio

Estamos em setembro e esse mês é muito importante, pois temos o Setembro Amarelo. Para quem não sabe, o mês de setembro é o mês de campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio.

Setembro amarelo é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio. Iniciada em 2015, é uma iniciativa do centro de valorização da vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Por que setembro?

Ele foi escolhido para esta campanha desde 2003. O dia 10 de setembro é o dia mundial de prevenção ao suicídio, por iniciativa da International Association for Suicide Prevention.

É o dia de conscientização que acontece anualmente para fornecer suporte, engajamento e ações internacionais para evitar suicídios. A ação ocorre através de diversas atividades com intuito de conhecer, debater e alertar a população sobre o tema.

 Por que amarela ?

Ela foi escolhida como símbolo em 1994. O amarelo se deve a um jovem americano, Mike Emme de apenas 17 anos, que em 1994 tirou sua própria vida dirigindo seu carro amarelo.

Seus amigos e familiares, distribuíram no funeral cartões com fitas amarelas e mensagens de apoio para as pessoas que estivessem enfrentando o mesmo desespero de Mike. Durante o seu enterro pessoas próximas ao Mike confessaram que nunca tinham percebido qualquer sinal de angústia ou depressão no rapaz.

O carro de Mike era um Mustang 68, restaurado e pintado na cor amarela por ele próprio. Os pais de Mike, Dale Emme e Darlene Emme, iniciaram a campanha de prevenção ao suicídio, que se espalhou pelo mundo–“fita amarela”.

Essa onda amarela começou a se espalhar cada vez mais e pessoas com depressão e com tendências suicidas começaram a buscar ajuda.

Infelizmente falar sobre suicídio ainda é um tabu dentro da sociedade devido aos julgamentos que as pessoas fazem da depressão, graças a desinformação.

Podemos salvar vidas, prevenindo o suicídio, através da informação. Depressão não é frescura, também não é impossível de ser tratada.

Se você está passando por um sofrimento, tem depressão ou conhece alguém que não esteja bem, saiba que a HIPNOTERAPIA é um excelente método de tratamento.

Precisando de ajuda entre em contato conosco ou fale com uma pessoa próxima de você. Nós queremos te ajudar.