Vagas em Botucatu: Embraer abre vagas para o Programa de Especialização em Engenharia

A Embraer vai iniciar a seleção de engenheiros para o Programa de Especialização em Engenharia (PEE), realizado anualmente pela empresa em parceria com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Para esta nova turma serão disponibilizadas 30 vagas para profissionais formados a partir de 2019 e as inscrições ocorrem até o dia 31 de agosto por meio do link https://embraer.com/pee.

As vagas do Programa de Estágio da Embraer são destinadas para as seguintes cidades: Botucatu (SP), São José dos Campos (SP), Gavião Peixoto (SP), Campinas (SP), Sorocaba (SP), São Paulo (SP), Florianópolis (SC), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), além de possibilidade de estágio remoto.

Um dos mais longevos modelos corporativos de desenvolvimento intelectual e tecnológico do Brasil, o PEE completou 20 anos em 2021. Mais de 1.600 profissionais de 100 universidades do Brasil já passaram pelo programa de mestrado, que se tornou a principal porta de entrada de profissionais de engenharia que queiram trabalhar na Embraer.

“A engenharia de excelência da Embraer é a espinha dorsal que faz a companhia ser uma referência global em tecnologia e inovação. Com o PEE, em parceria com o ITA, promovemos continuamente a aceleração do aprendizado de profissionais de engenharia recém-formados para que estejam sempre aptos a desafiar e encontrar soluções para os mais diversos desafios da indústria aeroespacial”, disse Luís Carlos Affonso, Vice-Presidente de Engenharia, Tecnologia e Estratégia Corporativa da Embraer.

Os candidatos selecionados participarão de curso e atividades de capacitação nas áreas de Engenharia de Desenvolvimento do Produto e Processos da companhia, em São José dos Campos (SP), além de se especializarem em fundamentos e projetos aeronáuticos, com atividades e temas sobre Indústria 4.0, Inteligência Artificial, Robótica e Prototipação de Projetos.

O início das aulas da nova turma está previsto para fevereiro de 2022, com duração de um ano e meio e dividido em quatro fases. Toda a formação é ministrada por profissionais da Embraer, professores do ITA e consultores, e o programa dá direito a título de mestrado profissional em Engenharia Aeronáutica, reconhecido pela CAPES/MEC.

Entre os pré-requisitos do processo seletivo estão inglês avançado e graduação entre 2019 e 2021 nas modalidades aeronáutica ou aeroespacial, ambiental, automobilística, civil, computação, controle e automação, elétrica, eletrônica, energia, física, manufatura, manutenção, materiais, mecânica, mecatrônica, metalúrgica, naval, produção, química, robótica, sistemas, softwares e telecomunicações.

Conforme os protocolos de combate à Covid-19, todas as etapas do processo seletivo serão realizadas de forma remota, sendo necessário o uso de computador ou notebook com câmera, microfone e conexão com internet. Os engenheiros aprovados terão bolsa-auxílio (compatível com bolsas de mestrado do mercado), convênio médico e odontológico, seguro de vida e vale-alimentação.

 O Programa – PEE

O Programa de Especialização em Engenharia (PEE) combina a carga de especialização técnica com o desenvolvimento de conhecimento multidisciplinar. A visão sistêmica é estimulada no profissional com ações de aprimoramento das habilidades em comunicação, valorização do relacionamento interpessoal, da ética profissional e conhecimento da cultura, das pessoas e da estrutura da Embraer. Os cursos são complementados com visitas técnicas às áreas da empresa, feiras de aviação, laboratórios, museus e participação em congressos e seminários.

O programa está estruturado em três fases distintas com duração de até seis meses cada: fundamentos de aeronáutica, especialização e projeto do avião, processos e serviços relacionados. Além disso, também é desenvolvida a tese de mestrado. As aulas são ministradas de segunda a sexta, em período integral, por professores do ITA, especialistas da Embraer e consultores. Para atividades de projeto em equipe, o PEE conta ainda com um seleto time de mentores – profissionais da Embraer tidos como referência técnica em suas áreas de atuação.

A primeira edição foi realizada em 2001 e, até hoje, o programa já formou 1,6 mil engenheiros em 28 turmas, com histórico de engenheiros provenientes de 105 universidades de 20 Estados do Brasil. Atualmente, a Embraer conta com mais de 700 funcionários que ingressaram na companhia pelo PEE e a média de contratação dos participantes é de 96%.

Fonte: Assessoria Embraer