Unesp pode ser parceira na aquisição de vacinas da Johnson & Johnson para Botucatu, diz Pardini

O executivo botucatuense se reuniu na manhã desta sexta-feira, 05, com representantes da Johnson & Johnson para uma possível compra de vacinas. A informação foi dada inicialmente pelo Prefeito de Botucatu, Mário Pardini, durante entrevista ao programa Bom Dia Criativa da Rádio Criativa FM.

O laboratório é responsável pela vacina Janssen, que ainda busca autorização da Anvisa, mas que comercializa doses em vários países do mundo.

Durante a reunião, foi apresentado o plano de adquirir até 100 mil doses da vacina contra a Covid-19 produzida por esse grupo. A vacina desse laboratório precisa apenas de uma dose para imunizar.

Após a reunião, Pardini disse que a Unesp pode ser parceira na aquisição das vacinas da Johnson & Johnson para Botucatu.

“Apresentamos a disponibilidade da Cidade fazer parte de estudos e pesquisas clínicas e acadêmicas dessa instituição, em parceria com a Unesp, o que fortalece ainda mais a chance de conseguirmos imunizar nossa população. Possibilidade essa que foi muito bem vista pelos executivos, que discutirão a viabilidade”, disso Pardini após a reunião nas redes sociais.

A reunião remota contou com a presença do Reitor da Unesp, Pasqual Barreti. Também participaram o Secretário Municipal de Saúde, André Spadaro e integrantes da Copel (Comissão Permanente de Licitações).

“Embora muito remota a chance de conseguirmos a compra de vacinas para a nossa Cidade, saímos esperançosos dessa reunião. Vamos trabalhar todos os dias para que, ou dentro do Plano de Imunização Nacional, ou através de tratativas diretas com laboratório do mundo todo, consigamos complementar o quanto antes a vacinação em Botucatu”, colocou Pardini.

A intenção é negociar 100 mil doses desta vacina. Há uma estimativa de que o valor chegue a R$ 6 milhões, já que o preço praticado é de 10 dólares por dose em todo o mundo.

O Prefeito entregou na quarta-feira, 03, ao presidente da Câmara dos Vereadores de Botucatu, Rodrigo Palhinha, um projeto de lei solicitando autorização para suplementação orçamentária com a finalidade exclusiva para a compra de vacinas contra o novo coronavírus.

Compra por estado e municípios

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou na última semana maioria para autorizar estados e municípios a comprar e distribuir vacinas. Com a decisão, prefeitos e governadores poderão adquirir os imunizantes caso doses do Programa Nacional de Imunização sejam insuficientes.

A vacina Janssen

Essa vacina terá potencialmente um alcance ainda maior na luta global contra o coronavírus pois por funcionar com dose única. Mais de 800 milhões de doses foram encomendadas pelo mundo.

A vacina foi criada para ser uma alternativa econômica às vacinas Pfizer e Moderna e pode ser armazenada em uma geladeira em vez de um freezer.