Tamanduá-bandeira morre atropelada na Gastão Dal Farra em Botucatu; motociclista quebrou a perna

Geral
Tamanduá-bandeira morre atropelada na Gastão Dal Farra em Botucatu; motociclista quebrou a perna 02 julho 2021

Imagem: Diego Sotto Podadera

Mais um tamanduá-bandeira foi vítima de atropelamento na Rodovia Gastão Dal Farra em Botucatu. O acidente aconteceu no começo da noite desta sexta-feira, 02.

Segundo testemunhas, um motociclista que fazia entrega de pizza atropelou uma fêmea tamanduá, que atravessava a pista.

Uma caminhonete que vinha atrás passou por cima do animal, que não resistiu. Ainda segundo testemunhas, o motociclista quebrou uma das pernas e foi socorrido pelo resgate da concessionária Rodovias do Tietê.

“Poderia ter acontecido pior, bastava o motoqueiro cair para o lado que caiu a tamanduá. Esse acidente poderia ter sido evitado. É importantíssimo que sejam instalados redutores de velocidade nesse trecho da rodovia. Esses acidentes não podem mais ser considerados mera casualidade. Isso já passou a ser negligência”, disse ao Acontece o morador Diego Sotto Podadera.

No ano passado, três tamanduás foram mortos na Gastão, o que gerou muita revolta nos moradores da região do bairro Demétria. Uma petição foi feita para cobrar providências mas até o momento nenhum dispositivo foi instalado no local para evitar atropelamentos de animais.

“Caso atitudes mais efetivas não forem tomadas no intuito de diminuir a velocidade dos veículos nesse trecho crítico da Gastão Dal Farra, a gente vai continuar presenciando situações como essas. No ano passado foram colocados sonorizadores, mas que não cumprem com a função. Nós precisamos de medidas urgentes, porque os acidentes estão sendo previstos, estamos alertando que pode haver mais acidentes, inclusive fatais”, cobrou Felipe Amorim, outro morador.

O Tamanduá-bandeira

O bandeira é a maior das quatro espécies de tamanduás. Ele tem hábito predominantemente terrestre, diferente de seus parentes próximos, o tamanduá-mirim e o tamanduaí, que são arborícolas. O animal mede entre 1,8 e 2,1 metros de comprimento e pesa até 41 kg.

É facilmente reconhecido pelo seu focinho longo e padrão característico de pelagem. Possui longas garras nos dedos das patas anteriores, o que faz com que ande com uma postura nodopedálica.

O aparelho bucal é adaptado a sua dieta especializada em formigas e cupins, mas em cativeiro ele pode ser alimentado com carne moída, ovos e ração, por exemplo. A longa pelagem o predispõe a ser parasitado por ectoparasitas, como carrapatos. (Wikipédia).

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
FREIRE MOTOS
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO