SP recebe mais 11 milhões de máscaras para enfrentamento à COVID-19

Lote totaliza 18 milhões de máscaras importadas da China para uso dos profissionais de saúde; investimento do Estado foi de R$ 63 milhões

O Governo de São Paulo recebeu na manhã desta terça-feira (19) um lote de 11 milhões de máscaras adquiridas da China. A nova remessa completa uma compra total de 18 milhões de máscaras cirúrgicas e N-95 importadas da China. A primeira leva chegou em 30 de abril, com 7 milhões de itens.

O Governo investiu um total de R$ 63 milhões para comprar esses produtos, visando reforçar os estoques de equipamentos de proteção individual (EPIs) da Secretaria da Saúde e garantir a segurança para profissionais que estão na “linha de frente” do atendimento aos casos da COVID-19.

“Importamos esses produtos da Ásia para reforçar nossos estoques de EPIs, oferecendo materiais para que as equipes estejam devidamente protegidas para atender a população”, diz o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.