SP confirma investimento de R$ 1 bilhão da Nestlé e parceria para formar jovens

Governo estadual e multinacional alimentícia reforçam planos para gerar novos empregos e apoiar formação profissional

O Governo do Estado confirmou, nesta terça-feira (20), que a Nestlé fará investimentos de R$ 1 bilhão em São Paulo ao longo dos próximos três anos. Além do investimento em novas linhas nas fábricas de Caçapava e Araçatuba, a multinacional alimentícia firmará parceria com a Investe São Paulo (Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade) para formação profissional de jovens e aceleração de startups, entre outras iniciativas.

“É com muita satisfação que recebemos a confirmação de mais um grande investimento na indústria de São Paulo. A geração de emprego e renda é prioridade em nosso governo e trabalhamos ininterruptamente para que a economia paulista continue forte para ajudar o Brasil a crescer”, afirmou o Governador João Doria.

A relação de São Paulo com a Nestlé é quase centenária. A primeira fábrica da empresa no Brasil foi instalada na cidade de Araras, há 98 anos. Desde 2014, os investimentos da multinacional em território paulista somam R$ 2 bilhões, com quatro novas fábricas nas cidades de Ribeirão Preto, Caçapava (2) e Marília. Atualmente, a Nestlé tem dez unidades industriais e seis centros de distribuição em território paulista, gerando 12 mil empregos diretos e 100 mil indiretos.

“O Estado de São Paulo tem grande importância na nossa história, abrigou nossa primeira fábrica e nossa sede. Queremos continuar a seguir essa jornada de sucesso, crescimento e investimentos”, declarou o presidente da Nestlé Brasil, Marcelo Melchior.

Outra novidade é o acordo entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a Nestlé para atuação conjunta no desenvolvimento de projetos que ampliem a capacitação profissional de jovens. A parceria pretende potencializar iniciativas correlatas já desenvolvidas pelo Governo do Estado e pela multinacional.

Em 2019, o Governo de São Paulo lançou o Programa Minha Chance, ministrado por professores do Centro Paula Souza e que oferece cursos de qualificação profissional de acordo com as demandas das empresas e do mercado de trabalho. Já a Nestlé desenvolve no Brasil, desde 2017, ao lado de outras empresas, o programa Aliança pelos Jovens, também com o objetivo de aumentar a empregabilidade juvenil.