Secretaria de Educação e Rede de Proteção à Vida promovem palestra para educadores

 

Na última quarta-feira (10), a Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Rede de Proteção à Vida promoveu uma palestra para  gestores e coordenadores pedagógicos das escolas da Rede Municipal de Ensino. O encontro também contou com a presença da secretária municipal de Educação, Lucilene Cota e do secretario municipal de Saúde, Dr. André Spadaro.

A palestra, conduzida pelo médico psiquiatra Dr. José Manoel Bertolote e pela assistente social e terapeuta Silvania Giandoni, abordou questões relacionadas à depressão e suicídio. Temas bastante atuais e que voltaram a estar em evidencia por conta do desafio “Baleia Azul” e que também são retratados na série “13 Reasons Why”.

O objetivo  é alertar como os educadores podem identificar sinais de participação dos alunos em determinados jogos nocivos à saúde, além de fazer orientações às famílias e os encaminhamentos necessários.

De acordo com Magda Regina Troncarelli, coordenadora do Ensino Fundamental, a Secretaria Municipal de Educação, juntamente com a Secretaria de Saúde, tem se mobilizando para que, por meio de comunicados e palestras, as instituições de ensino reforcem a parceria entre escola e família para a proteção dos jovens.

“Em tempos de fácil acesso virtual e a todo tipo de informação, positiva ou negativa, é muito importante o diálogo entre família e escola. Essas duas instituições são parceiras no processo educativo, e precisam trabalhar juntas”, conclui Magda.

 

Rede de Proteção à Vida

É formada por um grupo de voluntários das mais variadas áreas de atuação, dispostos a lutar de todas as formas pela valorização da vida no combate aos índices de suicídio.

A ideia surgiu com a eficácia do Programa de Humanização da Empresa – PHE Bem-Estar, desenvolvido com extremo sucesso na empresa Caio Induscar há mais de 10 anos. Além da empresa, a Rede mantém uma parceria com o Centro de Valorização à Vida – CVV de Botucatu e com o médico, Dr. José Manoel Bertolote.