Santos domina a partida, vence por 2 a 0 e afunda o Botafogo

Time de Jesualdo chegou aos 10 pontos e se isolou na liderança do grupo A

Por Giovanni Luque

LEGENDA: Sánchez e Soteldo foram os principais destaques do Peixe – FONTE: Twitter oficial do Santos Futebol Clube – @SantosFC

Quem assistiu ao último clássico entre Corinthians e Santos, vencido pelo Timão por 2 a 0, pôde ver um Peixe bastante apático e sem criação ofensiva. Porém, na vitória da noite desta segunda, 10, o time da Vila foi, basicamente, o oposto, com vitória convincente.

O que difere de uma partida para outra? A resposta para essa pergunta passa, quase que completamente, pelo nome de dois atletas: Carlos Sánchez e Yeferson Soteldo. É claro que jogar em casa, diante de seus torcedores – apenas 3.504 pagantes – e no campo onde o Alvinegro está acostumado facilita, mas grande parte dessa mudança deve – se aos dois estrangeiros.

Desde a segunda metade do ano passado, Sánchez e Soteldo, junto com o agora lesionado Marinho, são os jogadores mais lúcidos do time praiano. O uruguaio, inclusive, foi o artilheiro na temporada passada, com 19 gols, enquanto o venezuelano foi o vice – líder de assistências, com 7, só atrás do próprio Sánchez, com 11.

Ontem, seja com gols, assistências ou boas oportunidades, os dois, junto com Eduardo Sasha, se destacaram bastante durante os 90 minutos.

Aos 21 minutos do 1º tempo, Sasha acionou Carlos Sánchez que, de dentro da área, emendou chute de primeira e abriu o placar. Pouco antes desse lance, aos 18, o Peixe tinha realizado sua 1º grande ação ofensiva, que terminou com finalização de Raniel para fora, após outro passe de Sasha.

Na 2ª etapa, os mandantes continuaram levando perigo ao tricolor de Ribeirão Preto. E, aos 10 minutos, Soteldo driblou o zagueiro Jordan Cordeiro e cruzou para Sasha marcar o 2º do Peixe, sacramentando a vitória alvinegra.

É bem verdade que faltou um pouco de intensidade ao time da casa. Quando acelerou o jogo, marcou – e isso não deixa de ser algo positivo. Mas, na maior parte do tempo, foi muito toque de lado e pouca objetividade. Sobre o Botafogo, é bom abrir o olho. A equipe soma apenas 1 ponto em 15 possíveis e está na lanterna do seu grupo, além de amargar a última colocação no geral.

Na próxima partida, o Santos vai até Araraquara enfrentar a oscilante Ferroviária, buscando a 2ª vitória consecutiva. Enquanto isso, o Botafogo recebe o Água Santa, na próxima sexta – feira, às 21:30, precisando vencer para fugir do rebaixamento.

Giovanni Luque é estudante de jornalismo e colaborador do Acontece Botucatu