Restaurantes e Lanchonetes poderão abrir das 11h00 às 19h00 a partir de amanhã

Segunda fase de transição começa neste sábado, dia 24


Restaurantes e Lanchonetes poderão ficar abertos ao público das 11h00 às 19h00 a partir deste sábado, dia 24. Trata-se de uma evolução da chamada fase de transição colocada pelo governo estadual.

Apesar da liberação para o público, alguns pontos deverão ser observados pelos estabelecimento, como distanciamento e desmobilização de itens de higiene.

A medida foi definida pela gestão estadual na última semana e prevê a liberação gradual de setores da economia. Segundo o estado, a recomendação é para que seja feito da seguinte maneira:

Fase 2: de 24 de abril a 30 de abril

-Atividades comerciais horário: 11h às 19h

-Atividades religiosas com restrições

-Atividades comerciais horário: 11h às 19h

-Serviços gerais

-Restaurantes e similares horário: 11h às 19h

-Atividades culturais horário: 11h às 19h

-Academias horário: 07h às 11h e 15h às 19h

-Toque de recolher: 20h às 5h teletrabalho para atividades administrativas não essenciais escalonamento do horário de entrada e saída de atividades do comércio, serviços e indústrias 25% da capacidade de ocupação do estabelecimento e aplicação de protocolos sanitários rigorosos.

No próximo sábado (24), está prevista a ampliação das flexibilizações, o que inclui a autorização de funcionamento para restaurantes, salões de beleza, academias, que poderão reiniciar suas atividades com restrições.

O anúncio foi feito em entrevista coletiva do governo estadual nesta sexta-feira (16). Com a mudança, shoppings e lojas de rua, que só eram autorizadas a abrir a partir da fase laranja, vão poder operar já neste final de semana.

A gestão de João Doria (PSDB) decidiu alterar as regras da fase vermelha após o estado registrar apenas leves quedas nas taxas de internação no estado.

Na semana passada, a gestão de João Doria (PSDB) encerrou a fase emergencial da quarentena e colocou todo o estado na fase vermelha, liberando a volta de alguns serviços, além do retorno das aulas presenciais nas redes públicas e privadas.

Veja também:

Academias poderão reabrir a partir deste fim de semana