Residentes do Ambulatório de Planejamento Familiar do HCFMB recebem treinamento de inserção do Sistema Intrauterino de Levonorgestrel (Mirena)

No último dia 4, o Setor de Endoscopia Ginecológica e Planejamento Familiar do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (HCFMB), em parceria com a empresa Bayer, promoveram aos residentes um treinamento sobre a inserção de Mirena, um sistema intrauterino que libera hormônios, indicado para prevenir gravidez e até tratar algumas afecções ginecológicas, como a endometriose.

Segundo a professora do Departamento de Ginecologia da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB), Dra. Flávia Bueloni Dias, o objetivo do treinamento foi capacitar os residentes sobre a inserção do dispositivo em sua forma original. “O intuito é que os jovens profissionais tenham plenas condições para orientar corretamente às pacientes sobre o método, esclarecendo dúvidas mais comuns: como é colocado, quanto tempo dura seu efeito, além de sua inserção correta”, explica.

Durante o treinamento, 16 pacientes do serviço receberam o dispositivo. A iniciativa faz parte das ações realizadas durante o Outubro Rosa, que visam promover saúde e conscientização das mulheres de modo geral.

Método anticoncepcional

O Mirena é um sistema intrauterino que libera hormônios, indicado para prevenir a gravidez, para o tratamento da perda de sangue exagerada durante o período menstrual ou da dor relacionada a endometriose, condição na qual ocorre implantação anormal do tecido que reveste o útero, o endométrio.

Este dispositivo é em forma de “T” e deve ser inserido no útero, onde  libera gradualmente um hormônio chamado levonorgestrel. O Mirena funciona como DIU hormonal, e sua eficácia contraceptiva é em torno de 99,8%.

Texto e fotos: Vivian Abilio – Núcleo de Comunicação, Imprensa e Marketing do HCFMB