Representantes da nova Busscar se reúnem com Governo de Santa Catarina por reativação total da fábrica

Geral
Representantes da nova Busscar se reúnem com Governo de Santa Catarina por reativação total da fábrica 15 outubro 2017

 

Representantes da Nova Busscar se reuniram com governo do Estado de Santa Catarina para acertar os detalhes da reabertura definitiva da fábrica de carrocerias, que estava sem produção desde 2013, por causa de falência decretada pela Justiça, ainda na gestão empresarial da família fundadora, Nielson.

Investidores e advogados da Carbuss, empresa criada para a compra e uso da marca Busscar, discutiram o início da produção com o secretário-ajunto da Secretaria da Fazenda de Santa Cataria, Rodrigo Prisco Paraíso, e com o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável do Estado de Santa Catarina, Carlos Chiodini.

O encontro, que ocorreu na última quarta-feira, 04, foi confirmado pelo Governo do Estado de Santa Catarina.

No dia 21 de março de 2017, o juiz da 5ª Vara cível de Joinville, Valter Santin Júnior, aprovou em sentença definitiva a compra da Busscar por um grupo de investidores por R$ 67,15 milhões, após três tentativas de leilão que não terminaram vazias. Entre estes investidores estão sócios da Caio Induscar, empresa que tem a liderança no segmento de ônibus urbanos, mas pouca expressividade no mercado de rodoviários.

A previsão de início da produção da Nova Busscar está mantida para o primeiro semestre de 2018. As contratações na nova Busscar continuam. Já são cerca de 80 profissionais atuando na manutenção predial e de equipamentos e também nos setores de engenharia e desenvolvimento de produtos. As vagas para a linha de produção ainda serão abertas.

Também esteve na reunião um dos donos da Exit Comunicação, agência responsável pela análise de mercado e projeto de atuação da nova Busscar, Paulino Duarte.

Em entrevista ao Diário do Transporte em outubro, durante a feira de mobilidade Transpúblico, que ocorreu na Capital Paulista, o diretor-industrial da Busscar, Maurício Lourenço da Cunha, disse que a empresa terá novos modelos de ônibus rodoviários, sem, no entanto, romper com as principais características de design da marca.

Fonte: Diário do Transporte 

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento