Programas e ferramentas do Office no dia-a-dia acadêmico

Geral
Programas e ferramentas do Office no dia-a-dia acadêmico 23 abril 2021

Nos dias atuais ninguém duvida do papel da tecnologia em diversas áreas e setores da sociedade. Desde o comércio, podemos ver programas que regem o caixa de um estabelecimento, por exemplo. Até, no caso da academia, os avanços proporcionados

pela tecnologia. Hoje iremos discutir um pouco mais sobre ferramentas do Microsoft Office que são tão necessárias atualmente para a realização de um projeto ou até uma aula.

Basta apenas ver qualquer estudante universitário, ou pesquisador dentro de uma universidade e ele estará provavelmente carregando um notebook. A necessidade de se dominar ferramentas como o PowerPoint, o Microsoft Word e o Excel surge nos dias de hoje com todo avanço da tecnologia. Para qualquer apresentação, seja ela uma aula ou um congresso internacional, o uso de programas de apresentação como o PowerPoint é extremamente necessário.

Já, para montar uma tabela de dados ou um gráfico para mostrar análises de uma pesquisa, o Excel é a ferramenta mais indicada. No entanto, a estruturação de teses,  como por exemplo de TCC pronto, no Word ou no Google Docs são as maneiras mais indicadas para se escrever um texto acadêmico, pois permitem formatação e outros fatores necessários em um projeto acadêmico.

No presente artigo iremos ver um pouco mais sobre cada ferramenta presente no Microsoft Office, suas funcionalidades básicas e como usar cada um desses programas de forma simples.

Microsoft Word, Google Docs e a parte escrita de projetos acadêmicos

Um ponto que sempre pode ser um empecilho para a maior parte dos graduandos, ainda mais dos primeiros anos, é a formatação de artigos acadêmicos e de textos acadêmicos nos formatos e normas da ABNT adequadas. Tamanho da fonte, fonte, espaçamento entre as linhas, citações e referências. De fato existem inúmeros detalhes para se atentar quando se está escrevendo um projeto científico.

No entanto, existem algumas ferramentas online que tornam todo processo de escrita acadêmica mais simples. Além, claro, da consulta e geração de referências disponíveis em vários sites ao redor da Internet, como por exemplo o MORE da UFSC, as ferramentas mais utilizadas e indicadas para a parte escrita de projetos são o Microsoft Word e o Google Docs.

Isso porque possuem ferramentas específicas para escrita de artigos, livros, textos, artigos científicos e acadêmicos e outros inúmeros formatos.

Tanto o Microsoft Word quanto o Google Docs possibilitam que o usuário crie links ao longo de seu texto, copie imagens, utilize de diversas fontes, utilize itálico, negrito e termos sublinhados também. Dentro de áreas das Ciências Biológicas, por exemplo, que precisam lidar com a escrita de nomes científicos, essas possibilidades são indispensáveis.

O Word, no entanto, já é um antigo conhecido dos usuários do sistema operacional Windows. Na verdade, o lançamento do Microsoft Word data de 1983 e ainda especificamente para computadores antigos da IBM. Já o Docs é uma ferramenta bem mais moderna da gigante Google e foi concebida no ano de 2006.

Contudo, diversos usuários e críticos apontam inúmeras vantagens do Microsoft Word em relação ao Google Docs, como por exemplo a facilidade para a inserção de gráficos e tabelas.

Tabelas, dados e Microsoft Excel

Um dos maiores pesadelos e fonte de ansiedade para a maior parte, não só de estudantes, mas de todos os usuários de computador é a utilização do Microsoft Excel. O que esse programa tem demais? Para que ele é indicado e quais funcionalidades ele possui para seu uso? O que faz dele tão bom e tão utilizado?

Segundo a Wikipédia, o Microsoft Excel é um editor de planilhas ou também uma Folha de Cálculos produzido e disponibilizado pela Microsoft. Atualmente a disponibilidade do Microsoft Excel e da maioria dos softwares da Microsoft não se limita apenas a computadores com Windows como sistema operacional. Ou seja, é possível baixar o Word e o Excel até no seu iPhone se você quiser, o que permite que cada vez mais usuários tenham acesso e contato com esses programas.

A primeira versão do Microsoft Excel é do ano de 1987, foi batizada de Excel 2.0 e suas funcionalidades naquele período ainda se restringiam apenas a computadores. Mas por que o Excel causa pavor em tanta gente e o que dá pra fazer com ele se bem utilizado?

As imagens abaixo mostram duas das principais funcionalidades do Excel: geração de tabelas para análise e registro de dados das mais diversas origens. Ou seja, precisou fazer uma tabela? Ou até transformar essa tabela em um gráfico de barras, ou de linhas? O Microsoft Excel é o software que você está procurando.

Como dito: o Excel é de fato o programa mais indicado para quem precisa contabilizar dados e afins. Ainda, o programa é munido de diversas fórmulas que podem agilizar a criação destas tabelas e gráficos. Existem inúmeros cursos de Excel disponíveis ao redor da Internet e ter domínio dessa ferramenta é fundamental atualmente.

Microsoft Power Point, apresentações e seminários

Outra realidade presente na vida diária de um profissional acadêmico ou estudante de graduação ou pós-graduação é a apresentação de seminários, projetos e até desenvolvimento de aulas. A maioria esmagadora desse grupo, atualmente, recorre ao Microsoft Power Point, no entanto, existem várias outras opções de programas de apresentação de slides, como por exemplo:

Ferramenta: Endereço:
1.      Google Slides www.google.com/slides
2.      Canva www.canva.com
3.      Prezi prezi.com
4.      Apple Keynote www.apple.com/keynote

No entanto, como dito, a maior parte dos usuários tende a usar o Microsoft Power Point. E por que? Vamos ver uma lista com alguns fatores que fazem os usuários optarem pelo Power Point na hora de fazer suas apresentações e seminários.

1 – Facilidade de Uso

2 – Várias opções de personalização

3 – Compatibilidade com diversos formatos de arquivo

4 – Compatibilidade com outros programas do Office

5 – Versatilidade

De acordo com uma matéria realizada pelo site Slides Go, esses fatores são alguns dos levantados que tornam o Power Point tão buscado e utilizado por estudantes, professores, pesquisadores e freelancers.

No entanto, como citado acima, existem outras ferramentas para apresentação de slides sem ser o Microsoft Power Point que também possuem ótimas funcionalidades e uma interface amigável. Em todo caso, recomendo que dê uma procurada em cada uma delas para ver qual se adapta melhor ao seu estilo de trabalho e apresentação.

Conclusão

Como vimos ao longo do artigo, a Microsoft disponibiliza diversas ferramentas próprias para a realização das mais diversas tarefas. Todas essas ferramentas estão contidas no chamado Microsoft Office e são de extrema importância no dia-a-dia acadêmico e universitário.

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
BERIMBAU INST DESK
FREIRE MOTOS
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO