Procon Botucatu realizou 27 mil atendimentos em 2016  

 

O Procon de Botucatu acaba de fechar o relatório de suas atividades em 2016. Neste período foram 27.252 atendimentos. Deste montante apenas 1.010 processos precisaram ser gerados. Para se ter ideia, até 2012, o órgão de proteção ao consumidor chegava a abrir mais de 3 mil processos por ano.

“Nos últimos anos realizamos ações intensivas para estimular que o consumidor procure e seja orientado pelo Procon antes de efetuar uma compra ou assinar um contrato. Além disso, desde 2014, temos mantido uma parceria muito boa com o Cejusc (Centro Judiciário de Conflitos e Cidadania), que tem ajudado a resolver mais de 80% dos casos, sem a necessidade de encaminhamento ao Juizado Especial”, explica coordenador do Procon de Botucatu, Marcio Cesar Lopes da Silva.

Crise deve redobrar atenção do consumidor

De acordo com o Procon, em 2016, as operadoras de telefonia sem exceção se posicionaram em primeiro lugar no ranking nacional de reclamações, seguidas por instituições financeiras e prestadoras de serviços. Ainda segundo Márcio Silva, a atual crise financeira que afeta o País também tem influenciado o consumo. “Percebendo essa queda, as empresa começaram a fazer promoções de seus produtos, diminuindo sua margem de lucro para poder vender”, argumenta.

“Por esse motivo o consumidor deve redobrar a atenção. É preciso pesquisar muito e ter cautela na compra. No caso dos crediários, deve-se verificar o valor final da compra. Consultar amigos que já compraram de um mesmo fornecedor também é importante. Em relação a compras on line, verificar a lista de sites condenados no site da Fundação Procon São Paulo: www.procon.sp.gov.br”, complementa.


Serviço

Procon – Botucatu [Casa do Cidadão]

Rua Dr. Cardoso de Almeida, 1.001 – Centro

Tel.: (14) 3882-7722

E-mail: [email protected]

Assessoria de Imprensa da Prefeitura