Prefeitura adota medidas para reduzir gastos com água, energia e telefonia em prédios públicos municipais

Atualmente, a Prefeitura gasta aproximadamente R$ 10 milhões por ano com estas despesas e o objetivo é reduzir 30% desse gasto por meio de adaptações e conscientização. Para diminuir o consumo de água, por exemplo, a Prefeitura está implantando torneiras automáticas com temporizadores e redutores de fluxo de água, além de trocar alguns encanamentos e caixas d’água.

“Toda esta mudança está sendo feita de forma gradual. Com os sistemas de água, nosso objetivo é trocar as torneiras manuais, que gastam mais, e arrumar possíveis vazamentos. Conforme tivermos encomia nas contas, vamos comprar novos equipamentos até atingir todos os prédios públicos do Município”, explica Gilberto Mariotto, Controlador Municipal.

Para diminuir as contas de energia elétrica, que compreendem também a iluminação pública, o objetivo da Administração Municipal é trocar as lâmpadas fluorescentes e a gás por LED, mais duráveis e econômicas.

Ações simples, que causarão impacto aos cofres municipais”, conclui Gilberto Mariotto.

“A partir de agora, a Prefeitura irá comprar apenas lâmpadas de LED e, conforme for necessário, faremos a substituição. Também iremos conscientizar os servidores sobre o uso consciente da energia, incentivando medidas como apagar as luzes, desligar computadores e manter o ar condicionado com temperatura entre 20 e 24 graus. Ações simples, que causarão impacto aos cofres municipais”, conclui Gilberto Mariotto.

Os gastos com telefonia já tiveram impacto positivo. Desde 2016, a Prefeitura está instalando o serviço de telefonia VoIP (tecnologia que permite chamadas pela internet), o que reduz em até 70% os custos de comunicação por permitir ligações gratuitas entre as unidades da Prefeitura. De 2016 para 2017, já foram economizados R$ 312.136,00 com a mudança do sistema telefônico.

“Nossa economia nacional passa por um momento complicado e não é diferente nos municípios. Algumas cidades têm optado por diminuir serviços, mas nós temos trabalhado a redução de despesas, que não afetem nosso dia a dia. Esse tipo de economia é excelente, porque não vai alterar em nada nossa rotina, a não ser pequenas atitudes, que fazem muita diferença e nos ajudam a continuar investindo em melhorias para a população”, disse o Prefeito Mário Pardini.

Com a economia nas contas, o Poder Público Municipal pretende investir o valor que seria empregado no custeio de água, energia e telefone, na saúde, educação e outras necessidades.