Patrulha Maria da Penha leva informações a adolescentes do Projeto Patrulha Jovem

Cerca de 180 alunos da Escola Estadual “Cardoso de Almeida”, que cursam o 1º ano do ensino médio, participaram de uma palestra sobre “Violência Doméstica”, por meio do Patrulha Jovem.

O projeto é uma parceria inédita entre a Guarda Civil Municipal e a Secretaria Estadual de Educação, e tem como objetivos estreitar a relação entre a GCM e os jovens e adolescentes, levar informações dentro da realidade vivida por muitos deles, e desmistificar o trabalho policial, despertando a responsabilidade e o zelo pelo patrimônio escolar.

Na palestra sobre “Violência Doméstica”, os estudantes conheceram como funciona a Patrulha Maria da Penha, e sobre a lei que leva o mesmo nome e é considerada um marco dos direitos de proteção das mulheres.

Os Guardas Municipais Cíntia e Belo explicaram sobre o funcionamento da patrulha e também os serviços na Cidade para as mulheres que se encontram em situação vulnerável.

“É importante que os adolescentes saibam essas informações e, quando se depararem com esse tipo de situação, possam orientar ou buscar a ajuda correta”, explicou Belo.

Já para o Guarda Municipal Nóbrega, um dos idealizadores do Projeto, é essencial que desde cedo os jovens já conheçam seus direitos e deveres.

“O projeto oferece informações de grande importância. Quando informados corretamente, os jovens se tornam multiplicadores de informações”, citou Nóbrega.

A próxima palestra do Programa Patrulha Jovem será no dia 23 de novembro e abordará os crimes ambientais e o monitoramento realizado no Município pelo Grupo de Proteção Ambiental (GPA), da GCM.