Parque Tecnológico Botucatu promove Programa de Imersão

Nesta segunda-feira, dia 30 e terça-feira, dia 31, o Parque Tecnológico Botucatu promoverá um Programa de Imersão para os representantes das instituições integrantes do seu Núcleo de Empreendedorismo e Inovação (NEI) e também para o público em geral. Será uma etapa preparatória para o Desafio Empreenda Botucatu 2018. Acontecerão palestras, mesas-redondas e também algumas oficinas.

Para o público em geral – Na abertura do evento, dia 30, a partir das 19 horas, o diretor executivo do Parque, professor Carlos Alberto Costa, apresentará o Ecossistema de Inovação e Empreendedorismo de Botucatu. Em seguida, haverá uma palestra com o tema: “A importância da Cultura Empreendedora no ambiente universitário e na sustentabilidade das cidades do futuro”, ministrada por José Alberto Sampaio Aranha, presidente da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec).

Aranha participa do Conselho Deliberativo do Sebrae Nacional e do Conselho Consultivo da Finesp (Financiadora de Estudos e Projetos). Além disso, foi fundador e diretor do Instituto Gênesis da PUC-Rio, desde sua criação até março de 2016.

No final da noite, será realizada a Mesa redonda – Educação, Ciência, Empreendedorismo e Inovação. O mediador será o professor Rui Seabra, coordenador do Centro de Venenos e Estudos de Animais Peçonhentos (Cevap) da Unesp – Câmpus Botucatu. Participam como convidados: José Alberto Sampaio Aranha – Anprotec; Sergio Marcus Barbosa – ESALQTEC; Mário Pardini – prefeito Botucatu; Carlos Alberto Costa – Diretor Executivo do Parque Tec. Botucatu; Marco Mezzena, CEO da Consciência Soluções e Tecnologia.

Para as instituições integrantes do  NEI – No segundo dia do Programa de Imersão haverá uma reflexão sobre as atividades e os resultados alcançados nas edições 2016/2017 do Programa Desafio Empreenda Botucatu (Experiências e dificuldades enfrentadas durante o 1° biênio e sugestões para as próximas edições). O responsável pela condução dos trabalhos será Henrique Teixeira, do Sebrae-SP.

Em seguida, serão realizadas três oficinas: “Mapeamento Pessoal e de Competências

– Como identificar o perfil empreendedor”, com Leticia Negrisoli, da Fatec – Botucatu; “Criando o meu ambiente empreendedor – Como tirar ideias do papel no ambiente acadêmico”, com Elvis Fusco – CITEC – Marília e  “Colocando em prática o Planejamento Estratégico”, com  Dimas Baracat Thomé, diretor geral da UNIBr Botucatu. O objetivo é preparar os integrantes do NEI para a realização de um Planejamento Estratégico.

Sobre o Desafio Empreenda Botucatu 2018

Pelo terceiro ano consecutivo, o Núcleo de Empreendedorismo e Inovação (NEI) do Parque Tecnológico Botucatu organiza o Desafio Empreenda Botucatu. O objetivo continua sendo estimular o desenvolvimento de projetos empreendedores no ambiente acadêmico e científico, além de ajudar os alunos a transformarem suas ideias em um modelo de negócio, mas neste ano com algumas novidades.

O programa segue com a metodologia HUB Sebrae-SP (Empreendedorismo de Negócio), porém, agora também com foco no Intraempreendedorismo (Empreendedorismo de Carreira). Esses dois módulos ocorrerão simultaneamente e os alunos terão a opção de participar de ambos.

Entre os dias 20 de agosto e 30 de novembro serão realizadas as atividades presenciais como oficinas e um pitch elevator. As inscrições serão de 20 à 27 de agosto sendo as inscrições para o Módulo Empreendedorismo de Negócios (HUB Sebrae-SP) gratuitas para as instituições públicas associadas ao Núcleo de Empreendedorismo e Inovação (NEI), já as instituições privadas terão um investimento por aluno inscrito e as fundações contarão com 30% de subsídio. O Módulo Gestão de Carreira será oferecido gratuitamente para todos as instituições.

Saiba mais em:  http://parquebtu.org.br/

4toques comunicação