Outubro Rosa: empresas disponibilizam ônibus para levar mulheres a exames preventivos em Botucatu

Outubro rosa, mês para lembrar da prevenção do câncer de mama. A doença é o segundo tipo mais comum entre mulheres do Brasil e do mundo – atrás apenas do de pele não melanoma. Estimativas do Instituto Nacional do Câncer apontavam, inclusive, para o surgimento de 59.700 novos casos no país em 2018.

E a Stadtbus e a Reta Rápido, empresas concessionárias do transporte coletivo de Botucatu, abraçaram a causa. Ambas disponibilizaram, nos dias 23, 24 e 30 de outubro, ônibus gratuitos até a Casa da Mama para moradoras das regiões do Jardim Iolanda, Jardim Peabiru e do Distrito de Rubião Junior realizarem exames preventivos.

A aposentada Ana Célia de Lima, moradora de Rubião Junior, achou a iniciativa de grande importância. “O ônibus facilita bastante a ida de muitas pessoas que não tem como ir até a Casa da Mama, ou para quem tem alguma dificuldade de locomoção. E a gente tem que fazer os exames, temos que nos conscientizar sobre a doença”, afirma.

A doméstica Maria Aparecida Araújo aprovou o horário e a oportunidade cedida pelas empresas do transporte coletivo. “Esse ônibus gratuito, direto, deixa tudo mais fácil. Faço o exame preventivo todos os anos. Já encontrei um cisto durante um desses exames e agora mantenho o acompanhamento”, diz.

A mineira Adair Maria do Carmo mudou-se para Botucatu há cerca de 10 anos. E confessa que aproveitou a ação para realizar os exames de avaliação. “Eu não tenho o costume de fazer o exame preventivo. É a primeira vez que faço e sei que é importante. A gente aproveita a facilidade do transporte para ir”, conta.

O motorista da Stadtbus, Maycon Marcelino, também elogiou a decisão da empresa. “Uma ação solidária muito boa. A prevenção é o melhor remédio. E essa parceria com o Município contribui e fortalece os laços com a comunidade”, pontua.

O motorista da Reta Rápido, Danilo José Rodrigues, já havia participado do transporte de passageiros em outras atividades e aprovou a do Outubro Rosa. “A saúde é importante, deve estar em primeiro lugar. Isso mostra a verdadeira missão da Reta, sempre disposta a ajudar o próximo”, finaliza.