Obras de duplicação da Gastão Dal Farra são embargadas pela concessionária Rodovias do Tietê

Imagem Prefeitura de Botucatu

A Concessionária Rodovias do Tietê embargou na última semana as obras de duplicação da Rodovia Gastão Da Farra. A informação foi dada ao Acontece Botucatu pelo vice-prefeito de Botucatu e Secretário Municipal de Infraestrutura André Peres.

Segundo Peres, a Rodovias do Tietê alegou que o local das obras é de concessão da empresa e não do DER. Há uma divergência de onde começa e termina o trecho sob responsabilidade do estado.

Houve uma discussão entre a concessionária e a Prefeitura sobre o início do trecho de administração da empresa com sede em Itú. Há informações de que a Rodovias do Tietê teve o desejo de acionar a Polícia para que as obras fossem paralisadas, fato que foi enfrentado pelo Secretário de Infraestrutura.

“As obras vão continuar”, diz André Peres

“No nosso entendimento o trecho que pertence ao DER vai da Rotatória na Avenida Itália até o 24 de maio, um pouco para frente. Quando foi feita a parceria com o DER, a concessão da Rodovias do Tietê ia até o Jardim Cedro, foi quando fizeram uma recontagem até o 24 de Maio”, disse ao Acontece Botucatu André Peres.

Tecnicamente a obra está embargada, mas a Prefeitura está dando sequência na parte final da duplicação do trecho em discussão. André Peres terá uma reunião nesta segunda-feira, dia 31, na Artesp para discutir o assunto.

A obra está sendo feita com recursos do próprio município em parceria com o estado, representado pelo DER. A reportagem do Acontece enviou um e-mail para a Rodovias do Tietê e aguarda posicionamento.

As obras

Além da duplicação das pistas, que agora terão 7 metros de largura e contarão com acostamento e canteiro central, está prevista também a construção de duas rotatórias: uma para disciplinar o trânsito no cruzamento com a Avenida Zumbi dos Palmares, eixo de ligação entre o Parque 24 de Maio e o Central Park; e outra próxima ao posto de combustível, com objetivo de melhorar a distribuição dos veículos que seguem para bairros como Jardim Aeroporto, Cedro, Santa Maria, Maria Luiza, Jardim do Bosque e Demétria, beneficiando diretamente mais de 15 mil pessoas que moram naquela região.

Por conta da participação dos funcionários da Prefeitura na execução da obra na Gastão Dal Farra, a Secretaria de Infraestrutura estima uma economia próxima a R$ 5,5 milhões.