Nova ponte sobre o Rio Tietê em Anhembi começa a ser construída

 

Com um desconto de 16,3% sobre o preço inicialmente estimado para a obra, começou nesta quinta-feira (23) a construção de uma nova ponte sobre o Rio Tietê na SP-147, Rodovia Samuel Castro, nas proximidades do município de Anhembi, região Noroeste do Estado.

Com o resultado da licitação internacional conduzida pelo Departamento Estadual de Rodagens (DER), órgão vinculado à Secretaria de Logística e Transportes do Estado, o custo da nova ponte inicialmente estimado em R$ 65,5 milhões foi reduzido para R$ 54,9 milhões. O valor será financiado pelo Banco Mundial e o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD).

A cerimônia que marcou o início da obra contou com a participação do governador do Estado. Geraldo Alckmin anunciou também intervenções em 24,7 quilômetros da SP-147, no trecho entre Anhembi e a sua conexão com a Rodovia Marechal Rondon (SP-300), e obras de dragagem na Hidrovia Tietê-Paraná.

“São três boas notícias para  a região. A primeira o início da ponte sobre o Rio Tietê, uma das maiores pontes da América Latina. Além do início da ponte, a autorização para duas novas obras: a dragagem da Hidrovia Tietê-Paraná, que está batendo este ano o seu recorde para 8 milhões de toneladas e vai evitar interrupções de tráfego no período de estiagem, e a SP-147 que nós estamos autorizando a licitação. Uma obra de R$ 80 milhões, super necessária, que vai daqui de Anhembi ate a Marechal Rondon”, disse Alckmin.

Localizada no km 210,5 da Rodovia Samuel de Castro Neves (SP-147), além dos benefícios que trará aos usuários, a construção da nova ponte vai garantir mais agilidade para o tráfego de comboios pela Hidrovia Tietê-Paraná.

A nova ponte substitui a atual e será construída em estrutura metálica, com um vão de 172 metros de cumprimento, 18 metros de largura e 30 metros de altura (o equivalente a um prédio de 10 andares). Como solução de engenharia, a ponte não terá pilares dentro d’água e assim as embarcações poderão navegar com mais agilidade pelo rio. A estimativa é a de reduzir o tempo de percurso em até uma hora e meia. A obra deve estar concluída em dezembro em maio de 2019.

As obras de melhoria da SP-147, no trecho entre Anhembi e a conexão com a Rodovia Marechal Rondon (SP-300, também serão financiadas pelo Banco Mundial-Bird e Miga (Multilateral Investment Garantee Agency, na sigla em Inglês). Os descontos obtidos nas licitações internacionais de obras ajudaram na captação dos recursos.

A rodovia faz a ligação entre os municípios de Piracicaba, Anhembi e Botucatu, com início na interligação com a Rodovia Capitão Pedro Astenori Mariagliani (SP-008), no município de Socorro, com término na ligação com a Rodovia Castelo Branco (SP-280), em Bofete. Por ela, é transportada a produção de cana de açúcar e da pecuária de corte da região.

Fonte: Governo de SP