Morre aluno mais antigo da escola Apae de Botucatu

Luto na APAE de Botucatu

Arquivo Acontece Botucatu

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Botucatu (Apae) de Botucatu está de luto. Morreu neste domingo o aluno Emilio Bonafede Junior, de 76 anos.

Milo ou Emilinho era o aluno mais antigo da instituição. Foram 50 anos sendo assistido pela APAE de Botucatu.

Em 2016, Emílio participou de uma reportagem do Acontece Botucatu. Nossa equipe conheceu toda a estrutura da instituição na oportunidade. Veja link abaixo.

A causa do falecimento não foi divulgada. Em nota, a APAE lamentou profundamente a morte de seu aluno. Confira abaixo.

Luto!

E hoje acordamos mais tristes e com o coração apertado, nosso querido Milo se foi….
Passou por nós como um anjo, muitas vezes com a asa quebrada por suas peripécias, era o símbolo da nossa APAE. Foram 50 anos de convivência, vai deixar saudades, lembranças em cada um de nós que tivemos o privilégio de conviver com uma alma tão pura e que, a seu modo, nos ensinou tanto.

Nós, do Serviço Socioassistencial, do qual ele fazia parte intensamente, deixamos aqui nossos sinceros sentimentos à família, que sempre esteve presente e participou de todos os momentos junto conosco.

Descanse em paz nos braços do criador querido amigo, sua vida, seus gestos e palavras únicas, ficarão pra sempre entre nós e em cada cantinho da nossa APAE de Botucatu.

#SentiremosSaudades #VaiComDeus #Emilio #APAE #Amor #Alegria #Sp #botucatu #brasil

APAE de Botucatu promove Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Multipla; veja fotos da Associação