Matando no Peito, com Zé Airton – 18/05/2019

=RELEMBRANDO – E.C. SÃO LUIZ 1957=

O ano de 1957, marca na história esportiva da simpática Vila Pinheiro, o surgimento da aguerrida equipe de jovens (na época) do E.C. São Luiz.

Na foto acima, onde sobram talentos que fizeram a história do futebol amador de nossa cidade e região, podem ser observados:

Em pé: PEDRO BALA – GRINGO SANTILONI – BARBOSA – LUIZ GIUDICE – ÉLCIO MICHELIN e o prezado Prof. JAIR DIAS.

Abaixados: REBITE – DAIA MICHELIN – TONINHO – RAUL TOZO – TICO e o GILDO PINTON, massagista e também atleta.

Grandes recordações…

 

=RECORDANDO – CORINTHIANS 1951=

Torcida amiga, principalmente querida Fiel, hoje relembramos da foto que é uma relíquia para todos nós.

Na imagem acima uma lembrança do Timão posando no Pacaembu, completamente lotado, por ocasião da conquista do título paulista de 1951.

Muita emoção ao relembrarmos dos goleiros CABEÇÃO e GILMAR, dos becaços MURILO – JULIÃO – IDÁRIO – TOGUINHA – LORENA e dos avantes CLÁUDIO – LUIZINHO (Pequeno Polegar) – BALTAZAR (Cabecinha de Ouro) – JANSEN e CARBONE (Mágico).

Essa emoção torna-se ainda maior por ter tido a felicidade de, com apenas 10 anos de idade, haver sido um dos participantes daquela verdadeira multidão que lotava o Estádio do Pacaembu, naquela data.

Quantas saudades… 

=SE É FOTO É FATO=

Naquela mesa da boleirada o papo rolava solto com as palavras sendo molhadas por geladas tubaínas e foi aí que o veterano MARIÃO, hoje com problemas na coluna, lascou lá do seu cantinho:

-“Pois é, certa vez a convite do ESTREPE fomos jogar numa fazenda da região e quando a partida ia ser iniciada um jogador do time local que não havia sido escalado para entrar jogando, invadiu o campo e com um afiado machado picou as duas traves, gritando alto e bom som que aquela madeira era dele e ia levá-la embora…

O jogo foi suspenso, a fiança não foi paga e ficamos sem o nosso goró-goró de após jogo”.

Calma Marião, menos, menos…, foi o grito geral da galera!!!

 

=PERGUNTA DA SEMANA=

P – NA RECENTE GREVE DOS COVEIROS, QUAL ERA O JOGO QUE ELES NÃO PODIAM JOGAR PARA PASSAR O TEMPO???

R – CERTAMENTE QUE ERA O JOGO DE BURACO, POIS NINGUÉM PODIA PEGAR O MORTO!!!

 

=EPÍLOGO=

“NINGUÉM PLANEJA PARA FRACASSAR, TODAVIA FRACASSA POR NÃO PLANEJAR.”