Loja da Havan no interior de SP poderá reabrir após decisão de juíza

Geral
Loja da Havan no interior de SP poderá reabrir após decisão de juíza 18 maio 2020

 

Foto Site Tamoio News

A juíza Maria Isabella Carvalhal Esposito Braga, da 1ª Vara Cívil de Lorena (SP), concedeu na tarde de desta quarta-feira (13/5) liminar suspendendo os efeitos do auto de interdição e fechamento da Havan no centro da cidade. A loja foi alvo de autuação após fiscalização por agentes municipais.

A juíza entendeu que a decisão se pauta no enquadramento empresarial da impetrante na categoria de “hipermercado”, cujo funcionamento foi permitido pelos Poderes Executivos Estadual e Municipal durante a pandemia de Covid-19. Importante salientar, que por enquanto, trata-se de uma ação exclusiva da cidade de Lorena.

A Havan foi representada pelo advogado Nelson Wilians, do NWADV, que sustentou que o ato da fiscalização revestiu-se de ilegalidade, ferindo o direito de funcionamento da loja, já que entre suas atividades principais está o comércio de produtos alimentícios e higiene pessoal, atendendo ainda todas as determinações do Decreto Municipal nº 7.407/2020, que dispõe sobre medidas de emergência e prevenção à Covid-19. (Com informações do site Consultou Jurídico)

Manifestações 

Na manhã desta segunda-feira, 18, diversas cidades com unidades da Havan no país registraram manifestações de seus funcionários. Em Botucatu o movimento ocorreu na frente do prédio da Prefeitura e contou com dezenas de colaboradores da loja.

A Havan de Botucatu foi inaugurada no dia 14 março, mas funcionou por poucos dias. No dia 23 do mesmo mês a loja fechou suas portas após Decreto que colocou todo o comércio em quarentena até o dia 30 de abril.

 

 

Compartilhe esta notícia
Oferecimento
FREIRE MOTOS
BERIMBAU INST DESK
Oferecimento

Veja também

Oferecimento
VISTORI
SHOPPING INSTITUCIONAL
INSTITUCIONAL ELO
EXAME TOXICOLOGICO