Jovens da Fundação CASA de Botucatu visitam o Polo Cuesta

Quatro jovens, que cumprem medida socioeducativa no centro da Fundação CASA de Botucatu visitaram no último sábado (30/03) o Polo Regional de Desenvolvimento Turístico, mais conhecido como Polo Cuesta, também localizado na região.

A visita teve como objetivo trabalhar a questão do meio ambiente, e proporcionar para eles um conhecimento mais amplo sobre aspectos geográficos, biológicos e até mesmo do folclore popular da região em que eles vivem. O passeio durou cerca de cinco horas.

O passeio foi realizado na companhia de uma guia do local, formado em biologia, que apresentou as áreas de preservação ambiental, falando sobre o Aquífero Guarani e as formações que corresponde às dunas de um deserto que ficava na região na Era Mesozoica.

Os adolescentes e o agente educacional, Danilo Almeida Costa Toledo percorreram ainda os principais pontos turísticos do parque início como a Igreja Santo Antônio, que foi construída em cima de uma cratera vulcânica, a Cascata Véu de Noiva, o Morro do Peru, o Mirante das Três Pedras, a Pedra do Índio e o Mirante do Gigante e, ao final, aproveitaram a Tirolesa no Mirante da cidade de Pardinho.

De acordo com o agente educacional que acompanhou a visita, Danilo Almeida Costa Toledo, os jovens gostaram bastante do passeio. “Para muitos dos jovens, essa foi a primeira oportunidade de conhecerem um parque de preservação ambiental tão rico em diversidade de atrações”, concluiu. (Fotos Fundação Casa)