Jovem de Botucatu é selecionado para encontro com o Papa Francisco na Itália

Foto: Divulgação/Facebook

O morador de Botucatu (SP), Diogo Lopes, de 35 anos, é uma das 2 mil pessoas selecionadas para participar de um encontro global com o Papa Francisco. O evento “Economy Of Francesco” (Economia de Francisco), acontece dos dias 25 a 28 de março na cidade de Assis, na Itália.

O chamado feito pelo pontífice, divulgado em 2019, foi direcionado para agentes de transformação, empreendedores e economistas jovens de todo mundo, com o objetivo de idealizar um novo modelo de economia para os próximos anos.

Divulgação Facebook

De acordo com o texto divulgado no site oficial do evento, o encontro consiste em laboratórios, eventos artísticos e plenárias com renomados economistas, especialistas em desenvolvimento sustentável.

Ganhadores do prêmio Nobel também farão parte do encontro, como o indiano Amarthya Sen, o suíço Bruno Frey, a indiana Vandana Shiva, entre outros.

“Acredito em um sentimento coletivo de urgência e de que precisamos fazer algo para mudar o rumo do mundo. Sou ativista há 11 anos e não estou feliz por saber que esse encontro se dá pelo motivo de que o mundo está a beira de uma colapso, pela ganância e ignorância dos seres humanos”.

“Estou tentando ser humano. Ter um conduta consciente e ver como podemos fazer para todos despertarem desse estado terminal de ‘coma social’. Se não mudarmos agora, em 2040 enfrentaremos uma crise”, explica Diogo.

No Brasil, Diogo já atuou como presidente da Associação Nascentes, apoiando a zona livre de transgênicos da APA Botucatu, atuando como Conselheiro de Defesa do Meio Ambiente e Segurança Alimentar.

Também é especialista em engenheira de software e membro fundador da Associação Parque Tecnológico de Botucatu, entre outras ações em países como Colômbia, Espanha e Índia.

“Meu plano no encontro é criar uma proposta prática para a ‘Pedagogia de Francisco’ para crianças e jovens de forma lúdica, empreender em rede a difusão do conhecimento e dos princípios gerados através do encontro, entre outros”, conta Diogo.

Campanha 

Para arcar com os custos da viagem, Diogo promoveu uma campanha online, que se encerra dia 15 de fevereiro. A meta, de R$ 8 mil, foi alcançada. Até o fechamento desta reportagem, R$ 8.040 já estavam contabilizados.

O jovem ainda comenta que, todos as pessoas que contribuírem com o valor, serão reconhecidas como co-fundadores das propostas que o jovem apresentará ao Papa.

“Além do reconhecimento, o nome de quem cooperar com esse chamado estará em um documento oficial que publicarei em breve, reconhecendo a colaboração”, explica

“Desejo que não seja só mais um encontro que se fale dos problemas. Que os 2.000 participantes se engajem a transformar e ser protagonistas desta evolução”, comenta Diogo.

Fonte: portal G1