João Cury deve declarar apoio à reeleição de Mário Pardini em Botucatu

Arquivo Acontece Botucatu

O Acontece Botucatu traz de forma exclusiva uma informação importante nos bastidores da política botucatuense. João Cury deve declarar apoio à reeleição de Mário Pardini.

Segundo fontes do Acontece Botucatu, o ex-Prefeito teve nesta sexta-feira, 10, uma longa reunião com o atual Chefe do Poder Executivo e teria expressado que estará ao lado de seu sucessor na Prefeitura também nas eleições de outubro.

Procurado pelo Acontece Botucatu, Pardini desconversou. Confirmou a reunião, mas disse apenas que trataram de assuntos sobre a cidade, sem enfoque político. Pessoas que possuem ligação com as duas lideranças também confirmaram a conversa, que teve um tom muito amistoso.

Com essa definição, que deverá englobar também o apoio do Deputado Fernando Cury, forma-se uma aliança forte para as eleições de outubro. Pardini deve oficializar sua candidatura nos próximos dias.

Já está definido que o vice será novamente André Peres, ainda sem Partido. Pardini recentemente em entrevista ao Acontece Botucatu e Rádio Criativa FM disse que não há chance de ter outro vice que não o atual.

O caminho de Peres poderá ser o DEM, partido do Vice-Governador Rodrigo Garcia. Segundo informações apuradas pelo Acontece Botucatu nos bastidores políticos, houve uma conversa de Garcia com o Vice-Prefeito sobre o assunto aqui em Botucatu recentemente.

Segundo informações passadas ao Acontece, Cury já teria dito em conversas informais que se a dupla Pardini/Peres fosse mantida, apoiaria a reeleição. O ex-Prefeito de Botucatu não comentou até o momento o assunto.

Relação Pardini e João Cury

Pardini, João Cury, Caldas e André Peres

João Cury foi o principal articulador da candidatura de Mário Pardini em 2016. Na oportunidade conteve os ímpetos de Izaias Colino, Caco Colenci e Curumim e lançou o então Superintendente da Sabesp no cenário político de Botucatu.

A tacada de João Cury em um nome novo na política, com a imagem de gestor foi certeira. Pardini foi eleito com quase 40 mil votos naquele pleito.

Com o provável apoio de João Cury, finda-se um clima frio que rondava a relação entre gabinete e ex-Prefeito. Em diversas oportunidades, até mesmo pela imprensa, ambos se estranharam em assuntos importantes, como transporte coletivo e construção da represa.