Ipem-SP verifica mais de 2 mil bafômetros destinados aos órgãos de trânsito

Ação constata se instrumento mantém a reprodução de valores segundo tolerâncias pré-estabelecidas em regulamentos do Inmetro

Os etilômetros, popularmente conhecidos por bafômetros, utilizados pela fiscalização de trânsito são verificados pelo Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP), autarquia do Governo do Estado, vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, e órgão delegado do Inmetro, sejam eles recém-fabricados ou equipamentos em utilização.

De janeiro a 29 de julho deste anos, o Ipem-SP verificou 2.070 etilômetros. A verificação metrológica em etilômetros constata, por meio de ensaios em laboratório, se o instrumento mantém a reprodução de valores de acordo com as tolerâncias pré-estabelecidas em regulamentos do Inmetro.

Os ensaios consistem em injetar nos etilômetros três diferentes concentrações de misturas gasosas de etanol em nitrogênio, além de injeção de ar sintético para verificação do ponto zero.

O Ipem-SP atendeu órgãos públicos de 26 estados  por meio da Polícia Militar estadual, superintendência de Polícia Rodoviária Federal, Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran), Departamento de Estradas de Rodagem (DER), prefeituras, Marinha, Ministério da Justiça e Segurança Pública e Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte e aeroportos.

Verificações

Em 2019, foram verificados 5.536 etilômetros, sendo 4.031 na verificação periódica e 1.505 verificação inicial. As Polícias Rodoviária Estadual, Federal, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP), o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), entre outros órgãos que utilizam o etilômetro para fins de fiscalização, devem enviar anualmente seus equipamentos ao Ipem-SP para garantir que os aparelhos estejam medindo corretamente.

O Laboratório de Etilômetros do Ipem-SP também realiza verificação de etilômetros para outros estados do Brasil. É de responsabilidade do detentor do instrumento seu encaminhamento ao órgão metrológico para a execução da verificação, uma vez que o etilômetro somente deve ser utilizado com a verificação vigente.

Para mais informações ou agendamento da verificação do etilômetros, é necessário entrar em contato com a equipe do Laboratório de Etilômetros do Departamento de Metrologia Científica e Industrial do Ipem-SP, por meio do telefone (11) 3581-2499.

O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O espaço está localizado na Rua Muriaé, 154 – Alto do Ipiranga – São Paulo – SP. Outras informações podem ser obtidas pela internet.

Direitos

É direito do cidadão saber se o aparelho está verificado pelo Ipem-SP ou por demais órgãos delegados do Inmetro, assim como outros instrumentos de medição regulamentados pelo Inmetro, por exemplo, balanças, bombas de combustíveis, aparelhos de pressão arterial, entre outros. Os etilômetros verificados recebem uma marca holográfica com o ano da validade. O mês e o dia de validade estão previstos em um certificado de verificação.

A certificação do etilômetro pode ser consultada na página do Portal de Serviços do Inmetro nos Estados (PSIE): https://tinyurl.com/ukda5pn. Vale lembrar que é necessário ter os dados corretos do etilômetro.

Dúvidas sobre o PSIE podem ser esclarecidas na Ouvidoria do Inmetro, pelo telefone 0800-285-1818 ou pelo e-mail [email protected].

Ipem-SP

O Ipem-SP é uma autarquia vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania do Governo do Estado de São Paulo e órgão delegado do Inmetro. Com uma equipe de fiscalização formada por especialistas e técnicos, realiza diariamente, em todo o estado, operações de fiscalizações rotineiras em balanças, bombas de combustíveis, medidores de pressão arterial, taxímetros, radares, capacetes de motociclistas, preservativos, cadeiras de carro para crianças, peças de roupa, cama, mesa e banho, botijões de gás, entre outros materiais.

É seu papel também proteger o consumidor para que este leve para casa a quantidade exata de produto pela qual pagou. Quem desconfiar ou encontrar irregularidades pode recorrer ao serviço da Ouvidoria, pelo telefone 0800-013-0522, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou enviar e-mail para: [email protected].