Internação de Bolsonaro deverá durar pelo menos uma semana, diz médico

O candidato a presidência Jair Bolsonaro (PSL), não deverá receber alta hospitalar de 10 dias, disse em coletiva de imprensa na noite desta quinta-feira (6) o médico Luiz Henrique Borsato. Ele falou a jornalistas no hospital em Juiz de Fora (MG) onde o candidato está internado após ser atingido com uma facada durante ato de campanha nesta tarde.

“Antes de uma semana ou dez dias ele não vai receber alta”, afirmou o médico, ressalvando no entanto que “não tem como dar certeza” do tempo preciso que o candidato permanecerá hospitalizado.

Os médicos disseram que houve o rompimento de uma veia no abdômen e lesões no instestino delgado e no instestino grosso.

“O que houve foi um sangramento na veia abdominal, que logo foi estancado, e lesões nos intestinos grosso e delgado. Foi retirada a parte lesada do intestino grosso e o intestino delgado foi costurado”, disse Borsato.

Bolsonaro está consciente e irá passar a noite na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Cícero Pena disse que a transferência de Bolsonaro para outro hospital é uma opção da família, mas que neste momento o presidenciável não tem condições de ser levado para outro local.

Eles também disseram que médicos do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, entraram em contato.

Fonte: Portal G1