Inquérito aponta que população de Botucatu ainda não tem imunidade contra o Coronavírus

A primeira parcial do novo inquérito para saber como está imunidade da população em relação ao coronavírus mostra um número baixo de pessoas que apresentaram anticorpos para a doença. O novo estudo começou a desenvolver testes durante essa semana em diversos bairros da cidade, com término previsto para esta sexta-feira, 03.

Segundo levantou o Acontece Botucatu, nos primeiros 1200 testes, apenas 1% da população já teve algum contato com o vírus. No inquérito do mês passado esse número em Botucatu era de 0,5%.

Por um lado, mostra que apenas uma pequena parcela da população já teve contato com o vírus, indicando que as pessoas estão se protegendo de alguma forma. O lado ruim expõe que o vírus está circulando e que não há imunidade para ele. Estudos apontam que o vírus começa a perder força entre 20% e 25% da população com anticorpos para o vírus.

Desde o começo desta semana equipes de saúde de Botucatu estão realizando testes rápidos na população para detectar a presença de anticorpos contra o Coronavírus. Profissionais estiveram em vários bairros para o chamado popularmente de imunidade de rebanho.

Até o fim de hoje serão completados 1400 testes. O resultado parcial indica que muitas pessoas ainda correm risco de se contaminarem com o coronavírus em Botucatu e com esses dados o comitê de contingenciamento vai discutir novas ações de combate à doença em Botucatu

Até o final da quinta-feira, 14, Botucatu registrou 701 pessoas testadas positivo para Covid-19, com 15 mortes até o momento desde o início da pandemia que já dura quase 4 meses.

A coleta dos 1,4 mil testes começou nesta segunda-feira, 29 de junho. São diversas equipes da Secretaria Municipal de Saúde, compostas cada uma por 3 profissionais, que visitaram as residências previamente sorteadas aleatoriamente, sendo que apenas um morador por residência será testado. As faixas etárias e sexo dos cidadãos que serão testados também já foram sorteados em cada setor.